Cidadeverde.com
Geral

Firmino lança programa que combate lixões urbanos e multa sujões na capital

Imprimir

 

O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), assinou na manhã desta terça-feira (17) um convênio que irá reforçar a fiscalização contra os pontos de lixões irregulares na capital.

Embora seja previsto como crime ambiental, a presença dos lixões urbanos em locais inadequados é um fato que incomoda o cotidiano das cidades.

Para combater a proliferação desses espaços irregulares, a Prefeitura de Teresina instalou um novo Ponto de Recebimento de Resíduos, no bairro Planalto Ininga, zona Leste de Teresina.  

No local, Firmino Filho também assina um convênio que prevê a atuação de agentes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (STRANS) na equipe de fiscalização do Programa Lixo Zero.

“Contamos com uma equipe de fiscalização do Programa Lixo Zero que tem atuado em Teresina principalmente de forma educativa, indo até locais que comumente são utilizados para descarte irregular de lixo. Esse novo convênio vai possibilitar que os agentes da Strans também atuem de forma a multar veículos que estejam fazendo este transporte e deposição irregular de lixo em Teresina”, explica o secretário da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), Marco Antônio Ayres.

O diretor de Operação e Fiscalização da Strans, o coronel Jaime Oliveiro, afirmou que, a partir de hoje, os agentes irão acompanhar a equipe de fiscalização da Semduh e já irão atuar na conscientização dos moradores para não descartar material nas vias públicas. 

“Esse trabalho será iniciado hoje desde o momento em que o convênio foi assinado. Iremos fiscalizar tanto os moradores que retiram matérias dos seus veículos e jogam em via pública como também os motoristas que não condicionam o material, como areia, corretamente em seus caminhões e acabam derramando na via. Após o processo de conscientização, iremos multar aqueles que continuarem descumprindo a legislação, esses pagarão multa no valor de R$191”, disse o coronel. 

O diretor também explicou que o convênio ocorreu porque a equipe da Semduh não tem o poder de multar já que isso é dever dos agentes da Strans por ser uma infração de trânsito. “Esse trabalho nem deveria estar ocorrendo porque pessoas em sã consciência não deveriam jogar lixo nas vias públicas e poluir o meio ambiente”, acrescentou Jaime. 

A instalação de PRRs em toda a cidade reforça a erradicação de lixões urbanos. O equipamento atua no sentido de ofertar à população opção para o descarte adequado do lixo seco e, assim, combater a proliferação dos espaços irregulares.

A ação de instalação acontece  hoje na rua Genes Celeste, entre a Alaíde Marques e a 31 de Março, no bairro Planalto Ininga. Esse container é o 27º ponto de recolhimento de resíduos instalado na cidade. Ao todo, serão 34 pontos. Já contam com novos PRRs, os bairro Porto Alegre, Buenos Aires, Santa Maria da Codipi, Planalto Uruguai, Parque Rodoviário e outros. A rua Genes Celeste foi escolhida por ser tratar de uma área que recebia, de forma irregular, o descarte de materiais que, com o passar do tempo, se transformou em um lixão a céu aberto. Agora, com a utilização do PRR, a situação muda de figura. 

 

Da Redação
[email protected]

Imprimir