Cidadeverde.com
Geral

Mortos em acidente no aeroporto de Madri chega a 151

Imprimir

O número de mortos no acidente com uma aeronave da companhia aérea Spanair, com 173 pessoas a bordo, chega a 151, de acordo com informações oficiais do governo espanhol.

O avião sofreu um acidente ao sair da pista no aeroporto de Barajas, em Madri, segundo informações do governo espanhol. O número de feridos é de 26, diz o governo.
 

Serviços de emergência do país disseram à agência de notícias Reuters que o número de vítimas pode ultrapassar 150, já que são poucos os sobreviventes.

Segundo um comunicado da companhia Spanair, a aeronave tentava decolar no momento do acidente. A rede de TV CNN diz que o acidente aconteceu na segunda tentativa de decolar, já que uma primeira já havia sido abortada.

Segundo o jornal espanhol "El Pais", o vôo 5022 (compartilhado com a companhia alemã Lufthansa), com destino a Las Palmas, nas Ilhas Canárias, saiu da pista e provocou um incêndio na área próxima ao aeroporto.

Em entrevista à Globo News, o cônsul do Brasil em Madri, Gelson Fonseca, disse não ter informações sobre a presença de brasileiros no avião que sofreu o acidente.

Testemunhas disseram à rede Telemadrid terem visto uma das turbinas pegando fogo quando o avião tentou decolar.

O jornal "El Pais" diz que o clima no terminal 4 do aeroporto, onde aconteceu o acidente, é tranquilo, mas o aeroporto decretou emergência e cancelou todos os pousos e decolagens do terminal, o que causou atrasos em vários vôos com destino à América Latina, segundo a CNN.

O número de pessoas na aeronave divulgado anteriormente era de 166, mas informações oficiais da companhia Spanair confirmaram que o vôo 5022 estava ocupado por 164 passageiros e nove tripulantes.
 
Fonte: G1
Tags:
Imprimir