Cidadeverde.com
Vida Saudável

Cuidados especiais com a pele que deve ser tomados diariamente

Imprimir

Higiene

É importante limpar a pele duas vezes ao dia, de manhã e à noite, para evitar o acúmulo de oleosidade e resíduos de maquiagem e outros produtos, poluentes e poeira. O acúmulo de sujeira na pele leva ao entupimento dos poros, e favorece o aparecimento de cravos e espinhas, além de contribuir para o envelhecimento precoce. É recomendável usar um sabonete adequado para o seu tipo de pele, preferencialmente, líquido. Para as peles oleosas a mistas, o ideal é optar por sabonetes à base de ingredientes adstringentes com alfa-hidroxiácidos e enxofre, ingredientes que favorecem a remoção das impurezas e a desobstrução dos poros. No caso das peles secas e normais, o ideal são os sabonetes líquidos, com pH neutro, e complementação do processo com loção ou leite (creme) de limpeza. Os tônicos ajudam a remover os traços de óleo, sujeira e maquiagem que o sabonete pode ter deixado durante a limpeza. Se quiser, pode usá-lo para retirar a maquiagem também. Outra dica importante é esfoliar a pele duas vezes por semana. Retirar as células mortas é importante para dar uma aparência mais viscosa à pele e estimular a renovação celular.

 

Hidratação
Uma boa hidratação auxilia na manutenção do viço e da beleza da pele, além de manter a integridade da camada de proteção cutânea e evitar problemas como descamação, ressecamento, envelhecimento precoce, irritações e infecções. Assim, diariamente, é preciso usar hidratantes adequados a cada tipo de pele e específicos para o rosto e o corpo. É bom lembrar que as peles oleosas também precisam de hidratação. Nesse caso, recomenda-se usar um produto oil-free, que é à base de água e não aumentará a oleosidade da pele. Uma boa hidratação deve ser feita por dentro e por fora. Por isso, além do uso de produtos específicos, recomenda-se a ingestão diária de, no mínimo, dois litros de água. Veja outras medidas que ajudam a manter a pele bem hidratada:

 

Evitar exposição excessiva ao sol.
- Manter uma dieta rica em frutas e verduras, que contenha muitas fibras.
- Evitar o uso excessivo de sabonetes, buchas, banhos muito quentes e prolongados, principalmente no inverno.
- Evitar realizar esfoliações excessivas na pele.
 

Proteção Solar
A exposição à radiação ultravioleta (UV) tem efeito cumulativo e penetra profundamente na pele, sendo capaz de provocar diversas alterações, como o bronzeamento e o surgimento de pintas, sardas, manchas, rugas e outros problemas. A exposição solar em excesso também pode causar tumores benignos (não cancerosos) ou cancerosos, como o carcinoma basocelular, o carcinoma espinocelular e o melanoma. Na verdade, a maioria dos cânceres da pele está relacionada à exposição ao sol, por isso todo cuidado é pouco. Ao sair ao ar livre procure ficar na sombra, principalmente no horário entre as 10h e 16h, quando a radiação UVB é mais intensa. Use sempre protetor solar com fator de proteção solar (FPS) de 30 ou maior. Cubra as áreas expostas com roupas apropriadas, como uma camisa de manga comprida, calças e um chapéu de abas largas. Óculos escuros também complementam as estratégias de proteção.

 


Fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia

Imprimir