Cidadeverde.com
Política

PEC que limita gastos provoca greve geral no serviço público do Piauí

Imprimir

A votação da Proposta de Emenda à Constituição que limita os gastos públicos no Piauí (PEC 93) causou uma situação inédita no Estado: diversas categorias prometem greve geral a partir desta terça-feira (27). 

Policiais, escrivãos, delegados, peritos e agentes penitenciários já aprovaram o indicativo de greve na manhã de hoje e devem parar as atividades um dia depois da votação da PEC, prevista para segunda-feira (26), na última sessão do ano da Assembleia Legislativa. 

Outras categorias, como professores da rede pública, se reunirão no dia 4 para decidir sobre a adesão ao movimento. 

O Movimento

Os servidores se concentraram na manhã de hoje na sede da Alepi. A pedido da Casa, a Polícia Militar reforçou a segurança do local para impedir que os ânimos se alterassem, mas o protesto foi pacífico. 

Daniel Solon, do PSTU, considera que a PEC 93 vai prejudicar o serviço público. "O objetivo dessa proposta é sucatear os serviços públicos, garantindo uma economia que só vai servir para pagamento da dívida interna e externa", argumenta. 

A delegada Andrea Magalhães, do Sindepol (Sindicato dos Delegados da Polícia Civil), afirmou que o movimento dos servidores pede apenas a retirada do projeto para discussão. "Isso é o mínimo que deveria ser feito", declarou.

Ainda nesta sexta-feira (23), o governador o Piauí, Wellington Dias (PT) vai se reunir com representantes dessas categorias para negociar uma alternativa. 

Caso a greve seja mantida, na Polícia Civil só serão investigados crimes dolosos contra a vida. Nos presídios, as visitas e transferências de presos serão suspensas. 

Veja abaixo a nota enviada à imprensa pelas categorias de servidores:

Na data de hoje (23), na ALEPI, foi deliberado, em Assembleia Geral conjunta (Sindepol, Sinpolpi e Sindiperitos),  GREVE GERAL de toda categoria policial civil, a ser iniciada a partir das 00:00 h do dia 27.12.16 (terça-feira), com o cumprimento do percentual previsto em lei, somente dando atendimento a delitos contra a vida, criança e adolescente e idoso. 

Finalmente, toda categoria está convocada a comparecer na próxima segunda (26.12.16), 8h, na ALEPI, para acompanhar a votação da PEC 03.16, que atenta à Constituição Estadual, aos direitos do servidor e a sociedade.

Teresina, 23 de dezembro de 2016. 

Delegada Andrea Magalhaes (Presidente Sindepol) 

Constantino Junior  (Presidente Sinpolpi)

Jorge Andrade (Presidente Sindiperitos)

 

Jordana Cury
[email protected] 

Imprimir