Cidadeverde.com
Geral

Presidente Executivo do IQE, Horácio Almendra morre aos 72 anos

Imprimir

Foto: Ícone Notícia

O presidente executivo do Instituto Qualidade no Ensino, o piauiense José Horácio Gayoso e Almendra, 72 anos, morreu na madrugada desta segunda-feira(30) no hospital Sírio-Libanês em São Paulo, onde tratava de um câncer no reto, descoberto em 2015. 

Teresinense, Horácio Almendra foi vice-presidente da Philips América Latina, onde se aposentou em 2005.  Apesar de morar fora do Piauí desde a década de 1960, sempre retornava a Teresina em suas férias. 

Entusiasta da Educação, Horácio Almendra sempre incentivou projetos para melhorar a qualidade no ensino no Piauí, através do seu Instituto e acompanhou de perto toda a evolução. Na edição 122 da Revista Cidade Verde, datada de 18 de outubro de 2015, deu sua contribuição ao analisar a educação ofertada nas escolas públicas do Estado. “Qualquer que seja o seu sonho, educação é seu caminho”, destacou. 

O corpo do teresinense será velado a partir das 13 horas no Cemitério e Crematório Horto da Paz, em Itapecerica da Serra, na região metropolitana de São Paulo. A cerimônia de cremação acontece no mesmo local às 17h30.

Horácio Almendra deixa esposa, três filhos e cinco netos. 

José Horácio Gayoso e Almendra
 
Nascido em Teresina (PI) em 25/02/44.  Casado com a teresinense Araci Martins de Sousa Gayoso e Almendra, advogada  
Formado (1966) em Ciências Contábeis pela Faculdade Nacional de Ciências Econômicas da Universidade Federal do Rio de Janeiro).  Laureado como primeiro aluno (Prêmio Carlos de Carvalho) e orador da turma.
Pós-graduado em Finanças (Financial Management Program – General Electric Academy)
Participou do International Program for Senior Executives (IPSE) – Philips Training Center (Groenendaal – Holanda)
Iniciou sua vida profissional em 1964 no Banco do Brasil
Em 1965 ingressou na General Electric (GE) do Brasil, onde permaneceu até setembro/1974. Dirigiu a construção e início de operação da GE do Nordeste em Recife, onde também foi professor de Custos Industriais na Universidade Católica de Pernambuco
Em outubro/1974 iniciou sua carreira de 31 anos na Philips, tendo sido:
- Controller da Philips Eletrônica do Nordeste (Recife),
- Diretor Gerente da Philips da Amazônia (Manaus),
- Diretor de Compras do Grupo Philips no Brasil (São Paulo),
- Diretor da Inaska (Corretora de Seguros e Gerenciamento de Risco do Grupo Philips no Brasil),
- Gerente Geral Financeiro da Philips no Brasil,
- Diretor Administrativo e Financeiro (CFO)  da Philips Portuguesa (Lisboa),
- Diretor Gerente da PSS Associação Philips de Seguridade Social e
- Diretor Administrativo e Financeiro (CFO) da Philips América Latina (São Paulo) 
Em maio/2005, quando encerrou suas atividades na Philips criou, com dotação inicial daquela Organização, uma Fundação, através da qual tem sido possível financiar vários projetos na área de saúde e educação
A partir de 2007, aprofundou sua dedicação à causa da educação, tendo assumido a Presidência do IQE – Instituto Qualidade no Ensino.

Atualizada às 16h13

No começo da tarde, o governo do Piauí emitiu nota de pesar. Leia na íntegra:

É com muita tristeza que lamento morte do ilustre piauiense José Horácio Gayoso e Almendra. Ele foi um executivo exemplar e que galgou sucesso tendo ocupado importantes cargos em multinacionais no Brasil e no exterior. Horácio ajudou o desenvolvimento da saúde, educação e turismo no Piauí através da Fundação para Saúde e Educação da Philips, onde pode doar livros para escolas públicas, equipamentos médicos para hospitais e iluminações especiais para locais turísticos. 

Desenvolveu fortes trabalhos sociais e, mesmo durante sua aposentadoria, se dedicou à melhoria da qualidade do ensino em escolas públicas com a criação do Instituto Qualidade no Ensino (IQE). Todo o Piauí é grato por seu trabalho e, sem dúvidas, ele deixa dezenas de admiradores, muitos deles que ficarão com a missão de continuar o seu legado. 

Nesse momento de pesar, desejo que a família encontre em Deus o conforto necessário para superar esse momento de dor. Presto minha solidariedade a todos os familiares e amigos.

Caroline Oliveira
[email protected]

Imprimir