Cidadeverde.com
Política

R. Silva propõe comissão especial para acompanhar discussão sobre um novo aeroporto

Imprimir


 
O vereador R. Silva (PP) tratou nesta terça-feira, dia 14, na tribuna da Câmara Municipal de Teresina sobre a construção de um novo aeroporto na capital. O vereador apresentará requerimento para a criação de uma Comissão Especial para acompanhar as discussões e articulação.
 
“Informo que na próxima quinta-feira, dia 16, irei apresentar um requerimento visando a formação de uma comissão especial, que passará a acompanhar, buscar e cobrar a construção de um novo aeroporto. Quando o decreto foi assinado na época, pelo então prefeito Elmano Férrer, realizamos debates e audiências públicas. Logo depois ele revogou, porque o que a população de Teresina quer é um novo aeroporto e não apenas uma ampliação. Naquele momento a Câmara contribuiu muito para a discussão. Evitamos a obra e a desvalorização dos imóveis”, afirmou o vereador.
 
R. Silva informou ainda que segue acompanhando a temática. “Depois houve um segundo decreto, do prefeito da gestão atual, e nós estamos acompanhando essa problemática da construção do novo aeroporto. A Câmara faz parte desse debate, visto que é uma intervenção dentro do município. Agora recentemente, o prefeito Firmino Filho e o senador Ciro Nogueira estiveram em Brasília com o Ministro dos Transportes e Aviação Civil. Existe um planejamento e um trabalho, foi reiniciado o debate. O Ministro nessa primeira reunião foi favorável a construção de um novo aeroporto, em uma área mais distante do centro e mais segura, que pode oferecer melhor condição para os passageiros e melhor condição técnica para a aviação”, contou.
 
O vereador chamou atenção para a interferência no desenvolvimento econômico. “Nós sabemos que o atual aeroporto não tem condição de decolagem e pouso de grandes aeronaves. Esse é um dos entraves para a vinda de grandes industrias para o Estado. Não temos um aeroporto que satisfaça a condição do mercado econômico do Brasil. Foi retomado o trabalho e estamos acompanhando. A ideia é a construção de um novo aeroporto, através de uma PPP. Portanto não vai ser tirado dinheiro do bolso do consumidor. Vai ser através de uma empresa particular. A CMT como contribuiu com o debate desde o primeiro momento, tem muito o que contribuir daqui pra frente”, ressaltou R. Silva.
 
Em aparte, a vereadora Cida Santiago (PHS) chamou a atenção para o deslocamento de famílias para essa nova área escolhida. R. Silva afirmou que sobre a escolha da nova área, existe a possibilidade de muitas famílias quererem morar próximo. “Mas pelo que foi debatido aqui, tem que ser reservado uma área de aproximadamente 5 mil metros de comprimentos por 1500 de largura, para que seja construído o aeroporto e não ocorrer a possibilidade da aproximação do muro com residências. A Câmara tem muito a contribuir. Nós queremos que a Câmara possa contribuir ainda mais com a construção do novo aeroporto, que é muito importante para a nossa cidade”, explicou o parlamentar.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Imprimir