Cidadeverde.com
Esporte

Após derrota do Vasco, Tita entrega o cargo e crise piora

Imprimir
O técnico Tita fez duras críticas ao time do Vasco após a eliminação na Copa Sul-Americana para o Palmeiras. Sentindo visivelmente a pressão, o treinador aproveitou a oportunidade para entregar o cargo. A decisão surgiu após uma breve conversa com o presidente do clube, Roberto Dinamite.



O comandante sequer concedeu entrevista após a derrota por 3 a 0 para o Palmeiras, nesta quarta, no Palestra Itália. Tita fez duras críticas a alguns jogadores do atual grupo cruzmaltino.

"Não tenho nenhum problema pessoal com ninguém, mas, infelizmente, alguns jogadores que estão aqui não têm a menor condição de defender um clube como o Vasco", revelou, desejando sorte ao próximo comandante.

"Fui contratado e vim com o desejo de ajudar, mas infelizmente, as coisas não deram certo. Tomei uma decisão que é dificil, mas acho que o clube precisa arrumar outro profissional", disse, emendando um agradecimento ao presidente do clube da Colina.

"Tenho de agradecer o Roberto (Dinamite) por esta oportunidade. Desejo sorte para que o profisional escolhido possa reverter esta situação", revelou o ex-comandante.

Tita deixa o Vasco após disputar nove jogos no comando da equipe. Foram três vitórias, cinco derrotas e um empate. O ex-treinador assumiu a equipe após a demissão de Antônio Lopes, que deixou o clube depois da derrota para o Coritiba por 2 a 0, em São Januário, no dia 6 de agosto, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Jogos de Tita no comando da equipe:

Vitória 5 x 0 Vasco (10 de agosto)
Vasco 3 x 1 Palmeiras (13 de agosto, pela Sul-Americana)
Vasco 4 x o Internacional (17 de agosto)
Portuguesa 0 x 1 Vasco (21 de agosto)
Vasco 1 x 1 Botafogo (24 de agosto)
Grêmio 2 x 1 Vasco (31 de agosto)
Vasco 1 x 3 Cruzeiro (4 de setembro)
Vasco 1 x 3 Náutico (14 de setembro)
Palmeiras 3 x 0 Vasco (17 de setembro, pela Sul-Americana)


Fonte: Uol
Tags:
Imprimir