Cidadeverde.com
Entretenimento

Polícia já tem suspeito de matar Felipe Yves, que compôs hit de Léo Santana

Imprimir


A Polícia Civil da Bahia já tem um suspeito de matar Felipe Yves, compositor do hit “Bota o bumbum dela no paredão", interpretado por Léo Santana. O corpo do artista foi encontrado no bairro da Boca da Mata, em Cajazeiras, em Salvador, na Bahia, nesta segunda-feira, 6.  "A polícia está nas ruas com duas equipes buscando localizar o autor. Já temos um indicativo de autoria, que seria um traficante na região de Cajazeiras", afirmou a assessoria de imprensa da Polícia Civil ao EGO.

De acordo com o assessor, a equipe está investigando também informações que chegaram até eles sobre o caso. "O que temos é que ele foi visitar uma amiga no bairro de Cajazeiras e, chegando lá foi abordado por um grupo de rapazes. Eles estranharam a presença dele lá, porque não conheciam e foram abordá-lo. Nessa abordagem, queriam saber de onde ele era. Falou que não era de lá, mas tinha um primo na região. E o primo era traficante de um grupo de traficantes rivais dos que os que o estavam abordando. Nessa, acabaram executando ele. Essa é a versão que chegou à polícia e estamos checando", informou.

Apesar das notícias que circularam mais cedo - dando conta de que o corpo teria sido decapitado e queimado -, a Polícia Civil não confirma totalmente essas informaçõs. Segundo o órgão, Felipe foi encontrado com "um grande corte no pescoço e outro no braço. Não temos informação sobre se o corpo foi queimado, mas parece que não", afirma a assessoria.
Mais cedo, o Departamento de Polícia Técnica do Estado da Bahia, informou que o corpo, que foi encontrado sem documentos, foi identificado após exames. "O corpo está na está na casa, mas não foi liberado ainda. Estamos aguardando os procedimentos normais de liberação", informou a assessoria do órgão.


Fonte: Ego 

Imprimir