Cidadeverde.com
Entretenimento

Stênio Garcia quebra duas costelas e é internado em hospital do Rio

Imprimir


Stênio Garcia, 84 anos, está na clínica São Vincente no Rio de Janeiro depois de fraturar duas costelas. A internação foi confirmada pela instituição. Marline Saade, mulher do ator, postou uma foto com ele em seu Instagram e explicou o acidente. 

Durante a madrugada de segunda-feira, 27, Stênio acordou de madrugada e foi ao banheiro. No entanto, ele estava "meio tonto", caiu e fraturou a décima e a décima primeira costela. 

"Com isso, machucou o pulmão e por isso ficará internado uns dois dias", declarou Marlene. Ela e o marido ficaram internados juntos na clínica. Marlene passará por um procedimento de retirada do útero na próxima quarta-feira, 29. 

A mulher do ator afirmou que eles tentaram ficar em quartos um ao lado do outro. "Mas isso depende de ter dois quartos vagos, né?", ponderou. Marlene ainda pediu energias positivas e orações para os dois.

 

Boa tarde meus amores ????????? Stenio iria ficar comigo durante o tempo da minha internação para cirurgia de retirado do útero e pós operatório . Mas essa madrugada Stenio acordou meio tonto para ir ao banheiro e levou um tombo onde fraturou a décima e a décima primeira costela e com isso machucou o pulmão e por isso ficará internado uns dois dias e eu devido a exames pre operatórios também serei internada hoje e a cirurgia será quarta feira. Cada um ficará em um quarto com enfermeira acompanhando já que infelizmente um não pode fazer companhia para o outro . Estamos tentando um quarto ao lado do outro na clinica São Vicente . Mas isso depende de ter dois quartos vagos né???? Enfim, fizemos o comunicado juntos a título de esclarecimento e avisar que apesar do ocorrido está tudo sob controle e com muita fé dará tudo certo . Pedimos sim bastante energia positiva e orações para nós ?????????#marisaade #steniogarcia #costelafraturada #cirurgia #uteromiomatoso #fé #pensamentopositivo #protecao

Uma publicação compartilhada por Marilene Saade (@mari_saade) em


 

Fonte: Estadão

Imprimir