Cidadeverde.com
Geral

Operação Tríade Paulista: polícia continua buscas fora do Estado

Imprimir

Presos na primeira fase da operação 

A Polícia Civil do Piauí continua em diligência fora do Estado para localizar mais suspeitos de participação em assaltos a instituições financeiras e a empresa de segurança Servi San. Na semana passada, o Grupamento de Repressão ao Crime Organizado (Greco) divulgou a parcial da operação 'Tríade Paulista' que resultou na prisão de 15 suspeitos. 

"A partir das prisões dos primeiros suspeitos, os demais tentam apagar provas e fugir, mas continuamos em diligências para prender o restante do grupo", disse o delegado Genival Vilela, que preside os inquéritos policiais dos roubos da Serv San e do Banco do Brasil da Procuradoria Geral do Estado e do aeroporto de Teresina. 

Somente no roubo milionário da Serv San, foram roubados cerca de R$ 15 milhões. Deste montante, até o momento foram recuperados R$ 500 mil pela polícia de São Paulo, uma semana após o roubo. O delegado geral, Riedel Batista, informou que será feito o pedido judicial para a transferência dos valores para o Estado.

As investigações apontaram que a organização criminosa era liderada pelos irmãos Carlos Acácio Freitas dos Santos (natural de São Paulo, mas que morava no Piauí) e Claudio Freitas dos Santos (que residia em São Paulo). 

 

Graciane Sousa
[email protected]

Imprimir