Cidadeverde.com
Política

Governador faz apelo para destravar o processo de subconcessão da Agespisa

Imprimir

O governador Wellington Dias (PT) se mostrou impaciente nesta terça-feira (18) e fez um apelo para que o Tribunal de Contas do Estado (TCE) dê uma posição final sobre a subconcessão da Agespisa (Águas e Esgotos do Piauí S/A).  

O processo de Parceria Público Privado (PPP) está parado após uma série de decisões judiciais no Tribunal de Justiça do Estado.

Nesta terça-feira (18), Wellington Dias pediu “consciência” para os poderes do Tribunal de Justiça e do Tribunal de Contas do Estado, encontrarem uma solução de forma urgente para a questão da instalação do órgão.

“Eu chamei toda minha equipe e ou o TCE ou o judiciário, ou sei lá qual a via, eu só preciso de uma solução. Não é razoável que a gente tenha a oportunidade de um investimento de R$ 1,7 bilhão, que gera emprego e renda que não possa ter andamento. Então, que tenham consciência que o edital foi feito dentro da legalidade, o processo foi feito cumprindo a lei, e eu só preciso que cheguem a uma decisão final, é o único pedido que eu tenho feito, ganhe qualquer empresa, o importante é resolver o problema que é grave, de água e esgoto na capital para que haja qualidade em um serviço importante como esse”, solicitou o governador.  

O desabafo do governador ocorreu durante a abertura do workshop para empresários sobre o Projeto de Instalação do Parque Eólico e Formação de Fornecedores em Lagoa do Barro, com vistas a formação de parcerias empresariais que possam incrementar a economia da região. O encontro aconteceu no Blue Tree Towers Rio Poty Hotel.

No próximo dia 20, quinta-feira, o pleno do TCE volta a analisar a legalidade no processo de licitação da  subconcessão da Agespisa. 

 

Yala Sena
redacao@cidadeverde.com

Imprimir