Cidadeverde.com
Geral

Polícia apura se clonagem ou hacker estão zerando contas de aposentados no Piauí

Imprimir

A Delegacia do Idoso recebeu na manhã desta sexta-feira (2 de junho de 2017) uma enxurrada de denúncias sobre um golpe contra idosos de Teresina. Até às 13h de hoje, mais de 90 aposentados registraram boletim de ocorrência com a mesma queixa: foram tirar o dinheiro da aposentadoria e a conta estava zerada.  

A cena foi desalentadora para os idosos, já que a maioria foi tirar os R$ 937,00 - salário mínimo) e não tinha um tostão. 

De acordo com a delegada do Idoso, Daniela Barros, a suspeita é de clonagem de cartão, assim como aconteceu em 2015. Neste ano, a quadrilha utilizou um aparelho nos caixas eletrônicos para captar os dados (chupa-cabra) dos aposentados e depois retirar o dinheiro. A delegada também não descarta a ação de hacker. 

"Em 2015 mais de 80 idosos tiveram a conta zerada. Estamos verificando se houve a clonagem de cartão através de um aparelho para captar dados nos terminais eletrônicos ou se foi a ação de um hacker já as vítimas são de uma única instituição financeira e pode ser uma invasão a segurança do banco”, disse a delegada.

Daniela Barros pede que os idosos se dirijam até a Delegacia do Idoso de posse do extrato bancário com a conta zerada e do cartão do benefício para registrar o Boletim de Ocorrência. 

“Nós vamos solicitar o ressarcimento dessas pessoas, porque houve a invasão à segurança do banco, já que causou desconforto e deixou os idosos vulneráveis e depois investigar qual tipo de crime foi cometido”, declarou.

A delegada informou que no sábado, o aposentado que foi vítima deve procurar o plantão que fica no prédio das delegacias especializadas, no Centro da capital.

 

Flash Caroline Oliveira
[email protected]

 

 

Imprimir