Cidadeverde.com
Geral

Teto desaba e ginásio terá de ser demolido; governo decreta emergência

Imprimir
  • vicentao-02.jpg Foto: Wenner Amorim
  • vicentao-04.jpg Reprodução/Youtube
  • vicentao-03.jpg Foto: Wenner Amorim
  • vicentao-01.jpg Reprodução/Google Maps

O governador Wellington Dias (PT) decretou situação de emergência no ginásio poliesportivo José Vicente de Moura, o Vicentão, em Canto do Buriti, 405 quilômetros ao Sul de Teresina (PI). Parte da estrutura do espaço esportivo desabou e o local terá de ser demolido. 

O problema também foi relatado na Assembleia Legislativa, na última terça-feira (11), pelo deputado estadual Dr. Hélio (PR), que solicitou reforma em caráter de urgência por conta do desabamento. O parlamentar alegou que, como o ginásio pertence à unidade escolar Floriza Silva, muitas pessoas passam pelo local mesmo com a queda do teto, ocorrida no último domingo. Antes, ele já havia pedido a reforma do local. 

Uma equipe do setor de Engenharia da Secretaria de Cidades vistoriou o ginásio e "constatou a presença de danos em toda a edificação, especialmente nas paredes laterais e cobertura". O laudo que baseou o decreto de emergência incluiu queda da cobertura e consequente abertura lateral das paredes, rachadura nas arquibancadas e outros problemas no ginásio.

De acordo com o decreto, "foi constatado que o ginásio não apresenta condições de uso" e é preciso realizar, em regime de urgência, a demolição e reconstrução do espaço, "evitando que o mesmo possa vir a entrar em ruína e causar acidentes futuros". 

O decreto vale por 180 dias. Nesse período, a Secretaria de Cidades poderá fazer contratações para a obra sem promover licitação.

Fábio Lima
[email protected]

Imprimir