Cidadeverde.com
Cidades

APPM participa da instalação da Rede de Ouvidorias Públicas

Imprimir

O presidente da Associação Piauiense de Municípios (APPM), Gil Carlos, participou na manhã desta segunda-feira  (21), da solenidade de posse da nova diretoria da Rede de Ouvidorias Públicas do Piauí, realizada no Palácio de Karnak. Além da APPM, a rede “Ouvir Piauí” é formada pelas Ouvidorias do Governo do Estado, Tribunal de Justiça, Tribunal Regional Eleitoral, Tribunal Regional do Trabalho, Tribunal de Contas do Estado, Ministério Público Federal, Defensoria Pública, Ordem dos Advogados do Brasil e Prefeitura Municipal de Teresina.

O governador Wellington Dias destacou a iniciativa do serviço e sua importância para o estado. “O Piauí foi um dos primeiros estados a implantar a ouvidoria e agora é o pioneiro a criar uma corregedoria única, que tem como objetivo melhorar a participação do cidadão nas questões governamentais. Por meio do número 0800-4000, o cidadão pode ligar e ter uma linha direta, dando resolutividade aos seus problemas”, pontuou.

De acordo com Gil Carlos, presidente da APPM, o trabalho da Rede de Ouvidorias Públicas tem com objetivo promover o intercâmbio e estreitar o relacionamento com a sociedade. “Por meio da ouvidoria os cidadãos podem sugerir, criticar ou elogiar as ações realizadas. Com esse canal, temos a possibilidade de analisar as reivindicações e conduzi-las para as respectivas secretarias, onde o município exerce suas políticas públicas. Isso é um avanço para que tenhamos uma otimização da aplicação dos recursos públicos e possamos melhorar os serviços de nosso Estado, não somente servirá como termômetro para ouvir a população, mas especialmente para aplicar de forma mais correta os recursos”, disse. 

Sérgio Gallas, ouvidor da APPM, explica que o trabalho da Rede desenvolverá um conjunto de ações para estimular o controle social e o pleno exercício da cidadania. "A rede objetiva acolher, de forma segura, o cidadão que procura obter informações das diversas entidades baianas em prol da satisfação do bem comum e, ao mesmo tempo, auxilia o controle dos gastos públicos. Neste contexto, o APPM vem buscando realizar um trabalho de aproximação com os cidadãos visando uma relação de transparência na qual a sociedade tome conhecimento dos seus direitos e possa cobrar que os recursos públicos cumpram a sua função social", disse.

Também estiveram presentes na solenidade, o vice-presidente da APPM e gestor do município de Água Branca, Jonas Moura, os prefeitos Jailson Pio,  de São Félix do Piauí, Dr. Wagner, de Uruçuí, Carlos Monte, de Barras, Dr. Zenon, de Monsenho Hipólito e Dr. Heli Moura, de Simplício Mendes.

A Rede de Ouvidorias Públicas foi criada em 2013 com o propósito de firmar uma integração interinstitucional para estabelecer um diálogo entre as ouvidorias, de forma a facilitar a proximidade entre os cidadãos e os serviços públicos nas diversas esferas de governo.

Fonte: Ascom

Imprimir