Cidadeverde.com
Geral

Polícia prende 2º suspeito de participar da morte de advogado no bairro Saci

Imprimir

A Delegacia de Homicídios prendeu, nesta semana, José Rodrigues Oliveira Neto, 29 anos. Ele é  suspeito de participar do latrocínio do advogado Ozires de Castro Machado Neto,28 anos. O crime foi praticado no último dia 12 de setembro no bairro Saci, na zona Sul de Teresina. 

O delegado Danúbio Dias informou ao Cidadeverde.com que, em depoimento, José Rodrigues negou ter participado da morte do advogado. No entanto, as investigações da Delegacia de Homicídios apontam que era ele quem estava dirigindo o carro que levou os assassinos até o local do crime e em seguida deu fuga a eles. 

“Ele nega em depoimento, mas carro dele foi visto nas imagens de segurança. Está comprovado pelas câmeras de segurança e testemunhas”, ressaltou o delegado.  

José Rodrigues foi indiciado por latrocínio e encaminhado ao sistema prisional. O suspeito, quando era adolescente, foi apreendido por homicídio. 

Além dele, a polícia prendeu, três dias após o crime, Francinaldo dos Santos Batista, vulgo Neném, suspeito de atirar no advogado. As investigações seguem para prender um terceiro suspeito de participar da morte de Ozires.

No início das investigações, o coordenador da Delegacia de Homicídio, Francisco Costa, o Baretta, disse que Ozires foi morto por ter recusado entregar seu celular

"A vítima parou o veículo próximo onde estavam os criminosos e ficou manuseando o celular com o vidro do carro aberto e eles viram o celular e anunciaram o assalto. A vítima reagiu e não entregou o celular, então ele efetuou o primeiro disparo. Neste momento, o advogado tentou manobrar o veículo e o criminoso efetuou o segundo tiro que foi na cabeça da vítima", contou o delegado Baretta.

 


Izabella Pimentel
redacao@cidadeverde.com 

Imprimir