Cidadeverde.com
Viver Bem

Alguns alimentos "detergentes" ajudam a combater o mau hálito

Imprimir

O mau hálito, ou halitose, pode ser resultado de uma série de fatores e são mais de 50 causas possíveis. Os chamados "alimentos detergentes", pode contribuir para diminuição e prevenção do mau odor. O dentista Anderson Bernal lista quais são e explica porque eles podem ajudar a combater a halitose.

A maçã, a cenoura, o pepino e o aipo, crus ou com casca, são os que têm maior ação de limpeza porque realizam uma espécie de raspagem dos dentes, o que impede o acúmulo de bactérias, que causam os odores indesejados. "Sentir os dentes um pouco ásperos evidencia a formação de placa bacteriana. Após o consumo desses alimentos, passando a língua por eles novamente, você os sentirá lisinhos" relata o especialista.

Com poder adstringente e bactericida, o limão também é um ótimo aliado. Ele elimina as bactérias presentes na boca e no sistema digestivo. Outro adstringente natural é o gengibre, que estimula alguns processos digestivos por fazer parte da categoria dos alimentos antioxidantes e anticoagulantes. Acrescentar gengibre às refeições ou carregar balinhas da planta podem ser estratégias simples para combater o mau hálito. Mastigar folhas de hortelã para acelerar a digestão é outra dica do dentista.

O iogurte natural sem açúcar também um aliado na luta contra o mau hálito. A ingestão desse produto reduz os níveis de gás sulfídrico, uma das causas do problema de halitose. "Esse gás é resultante dos processos metabólicos anaeróbicos - que ocorrem na ausência de ar - do nosso corpo e tem odor similar ao de ovo podre", explica Bernal. Por fim, a ingestão de água também é indicado porque estimula as glândulas salivares e ajuda a eliminar os resíduos do corpo, inclusive da boca.


Fonte: Vix

Imprimir