Cidadeverde.com
Últimas

Número de pacientes com sequelas de AVC supera o de vítimas de trânsito no CEIR

Imprimir

Fotos: Pablo Cavalcante/Rádio Cidade Verde

Fabiana faz parte da campanha "Pense Bem AVC" no Piauí

O Centro Integrado de Reabilitação (Ceir), em Teresina (PI), hoje atende 71 pacientes com sequelas de Acidente Vascular Cerebral (AVC). O número é maior do que o de vítimas de acidentes de trânsito em tratamento no local - hoje 49. Os dados são usados para reforçar a prevenção, principal objetivo da campanha Pense Bem AVC, iniciada nesta semana. 

Fabiana Gomes, enfermeira que faz parte do projeto Pense Bem AVC, participou do Cidade Verde Notícias desta terça-feira (17) e acrescentou que os pacientes de AVC possuem sequelas variadas. "Quanto maior a demora para procurar atendimento, maior o risco de sequelas", disse a especialista. Até hoje, 890 pessoas já deram entrada no Ceir vítimas de AVC. 

O tempo que o paciente com AVC tem para ser atendido é de três horas e meia. Ao notar qualquer um dos sintomas, é preciso agir rápido. Dormência de um dos lados do corpo, fala de maneira desordenada, dor de cabeça localizada e inconsciência são sinais de que pode ter ocorrido um acidente vascular cerebral. 

O ideal para se evitar o AVC é melhorar os hábitos de vida. Pelo menos meia hora por dia, ou duas horas e meia semanais de atividade física, é o recomendado por especialistas. Além disso, é preciso reduzir a gordura e o sal dos alimentos. 

A maioria dos casos de AVC no Brasil estão relacionados à hipertensão, sedentarismo, colesterol alto, má alimentação, estresse, tabagismo, alcóolismo, doenças cardíacas e diabetes. 

A campanha Pense Bem AVC foi aberta ontem e contará com palestras, um simpósio com profissionais da saúde e um passeio ciclístimo no Dia do Piauí, 19 de outubro. 

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

Imprimir