Cidadeverde.com
Geral

Segurança promove Workshop com especialista do Reino Unido

Imprimir

A Secretaria de Segurança Pública do Piauí em parceria com Fórum Brasileiro de Segurança Pública - FBSP, com apoio da Embaixada Britânica realizará o Workshop especial para policiais e guardas municipais: Mulheres em situação de violência e o papel dos profissionais de segurança pública, nos dias 23 e 24 de outubro de 2017 sob coordenação da Prof.ª Fiona Macaulay, da Universidade de Bradford/ Reino Unido, ainda Marina Pinheiro e Samira Bueno do Fórum Brasileiro, no Auditório do CCHL da UESPI – Universidade Estadual do Piauí, com abertura nesta segunda (23) às 8h30.

O workshop é direcionado a policiais militares, policiais civis e guardas civis municipais que tenham interesse em atuarem como multiplicadores, que trabalhem a formação ou áreas correlatas ou que atuem diretamente no atendimento das mulheres vítimas de violência. Participam também do evento parceiros como a OAB, Salve Rainha, Coordenadoria Estadual de Políticas para Mulheres, Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres. 

O objetivo principal é discutir o papel dos profissionais da segurança pública no enfrentamento dessa violência ao mesmo tempo em que os prepara para atuarem como multiplicadores no campo da formação em violência de gênero e violência contra a mulher. 

Para a Delegada Eugênia Villa, Coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas de Violência de Gênero, o Workshop terá a presença de especialistas na violência contra mulher, uma psicóloga e uma socióloga, ´´é muito mais do que uma capacitação, é uma essencialmente uma discussão das políticas que estamos implantando no Estado´´, afirma a Coordenadora.

Na oportunidade busca-se a criação de protocolos de atendimento, pensando também no Plano Estadual de Segurança Pública, visando capacitar todos os profissionais na perspectiva de gênero, ´´capacitamos esses profissionais agora, que se tornarão multiplicadores, alunos convocados pelo Secretário de Segurança levando em conta a representação dos 12 territórios de desenvolvimento, a presença de delegacias da mulher e delitos como estupro coletivos e feminicídio´´ explica a Eugênia Villa.

A oficina acontecerá de forma interativa e permitirá, a partir das experiências de trabalho dos próprios policiais, entender melhor as questões sobre relações de gênero e como estas se conectam a sua atividade profissional e a sua identidade como policial.

 


Da redação
redacao@cidadeverde.com 

Imprimir