Cidadeverde.com
Geral

Saúde: prática regular de exercícios cresce para 48,5% em Teresina

Imprimir

Em meio a rotina efervescente das capitais, a necessidade pela prática de atividades físicas cresce gradualmente, apenas nos últimos três anos em Teresina o índice de adultos que se exercitam pelo menos 150 minutos por semana avançou de 44,7% em 2014 para 48,5% em 2016. Os dados são do Ministério da Saúde. 

O indicativo amplifica a atenção dada à saúde nos tempos modernos, com isso, a adoção de programas exclusivos ganha força e atrai pelo atendimento a grupos específicos, que anteriormente não eram abarcados pelas ações convencionais oferecidas pelas redes de academia.

Esse conceito inovador é uma realidade em Teresina. “O care é um programa de atendimento voltado à grupos especiais, como por exemplo: hipertensos, diabéticos, obesos, grávidas, lesionados de tornozelo, joelho, quadril e etc.”, indica Pedro Lima, coordenador de uma academia da capital e profissional de educação física.

No caso dos clientes que possuem dificuldade para se manterem ativos, há um programa específico, que converge para um acompanhamento especial dos professores. Essa atenção visa mudanças nos hábitos de vida, o que impacta positivamente na qualidade de vida.  

“Há o programa client, voltado para atender as pessoas com dificuldade de aderência ao exercício e que por isso, não tem bom histórico de frequência, são aqueles que entram em academias e depois de certo tempo abandonam a rotina de exercícios, então esses terão uma atenção especial da nossa equipe, conhecendo as aulas coletivas e todo o serviço que oferecemos”, sinaliza Pedro Lima.
 
Fuja do sedentarismo
 
Diante das múltiplas tarefas assumidas no cotidiano, muitas pessoas alegam não ter tempo para treinar, o que acarreta na prática insuficiente de atividade física por 47,7% dos teresinenses, segundo aponta a última pesquisa de Vigilância de Riscos do Ministério da Saúde. 

Para atender a esse público, tal como os ‘workaholics’ (viciados em trabalho), já existe em Teresina um programa específico de curta duração, que possibilita grandes resultados e supre uma demanda cada vez maior na capital. 

“O Express  é um programa que, além de atender ao público que busca uma maior variação nos treinamentos e uma atividade desafiadora, é voltado também para quem não tem muito tempo para treinar, então é um treino de duração entre 30 a 35 minutos, sendo realizado em formato de circuito, adaptado a todos os níveis de treinamento, onde se começa com um aquecimento chamado warm-up, depois do aquecimento entramos na parte principal que envolverá o treinamento de força e o famoso HIIT (Treinamento Intervalado de Alta Intensidade) e no final do treinos os alunos serão surpreendidos com o desafio que também consiste na realização de exercícios integrados no formato de circuito”, indica o profissional de educação física, Pedro Lima.

 

[email protected]

Imprimir