Cidadeverde.com
Esporte

'Nosso único pensamento é somente no Pachuca', garante Renato Gaúcho

Imprimir

Na véspera do duelo da semifinal contra o Pachuca-MEX, o técnico Renato Gaúcho evitou falar de uma possível final diante do Real Madrid na decisão do Mundial de Clubes. Em entrevista nesta segunda-feira, o treinador gremista garantiu que o foco da equipe é nos mexicanos.

Após o treino desta tarde, Renato concedeu coletiva ao lado do zagueiro Pedro Geromel. Para o técnico, o Pachuca vai fazer o jogo da vida contra o Grêmio.

“Não fique pensando que de repente o Pachuca não mostrou um grande futebol na partida deles, que será aquele Pachuca. Cada jogo é um jogo. A gente sabe que é o jogo da vida deles, mas pode ter certeza que vai ser o jogo das nossas vidas também. 

Então, a gente estudou bem o nosso adversário. A gente conhece tudo. O nosso único pensamento é somente no Pachuca. No momento em que acabar, aí sim a gente começa a pensar no nosso próximo adversário”, observou.

O Grêmio vai ter o desfalque do garoto Arthur no torneio. O jogador de 21 anos sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo na decisão da Libertadores e vai ficar longe dos gramados por aproximadamente 45 dias. Com isso, o volante foi cortado da lista do Mundial.

O treinador gremista elogiou o desempenho do jovem, mas garantiu que o clube tem bons jogadores para substituí-lo.

“Sem dúvida alguma o Arthur nos ajudou bastante nos últimos jogos, ele tem uma qualidade muito grande. Mas o Grêmio nunca dependeu de um jogador. 

O Grêmio no ano todo teve vários jogadores diferentes em várias posições e praticamente manteve o mesmo nível. Dessa vez não vai ser diferente. Tem um jogador com uma certa qualidade, mas entra um substituto que tem outros tipos de qualidades também. 

Assim que a gente levou o ano todo. Não temos o Arthur, mas temos o Maicon ou o Michel, podemos colocar o Ramiro. O Grêmio tem um plantel com jogadores de qualidade. Lógico que a gente sempre espera contar com todo mundo, mas no futebol é impossível”, ressaltou.

Sendo várias vezes questionado sobre um possível confronto contra o Real Madrid na final do Mundial, o técnico Renato repetia várias vezes que o foco gremista é no Pachuca.

“Não adianta querer dar o passo maior que a perna. Para começarmos a sonhar com o título mundial precisamos ganhar a semifinal e o nosso objetivo é esse. Nossa concentração e foco é totalmente no Pachuca. Se o Pachuca chegou aqui é porque tem qualidade.

Pode ter certeza que vamos respeitar o adversário, mas nós viemos para ganhar, pois o Grêmio pensa grande. É uma semifinal. Muita gente queria estar no nosso lugar. O Grêmio está aqui e nós estamos um pouco ansiosos pela demora da partida, mas pode ter certeza que o Grêmio está totalmente preparado”, destacou.

O zagueiro Pedro Geromel também garantiu que os jogadores estão pensando apenas no jogo da semifinal.

“Não adianta nada a gente pensar na final se não ganhar a semifinal. Foi assim que a gente conquistou a Copa do Brasil e a Libertadores. A gente fazia sempre o jogo das nossas vidas o próximo e é assim que vamos encarar esse. 

Não estamos pensando nenhum pouco quem vai ser o adversário da final porque não tem sentido pensar lá na frente se não ganhar essa semifinal”, comentou.

Nesta terça-feira, às 15h (de Brasília), Grêmio e Pachuca-MEX se enfrentam no estádio Hazza Bin Zayed, em Al Ain (EAU), pela semifinal do Mundial de Clubes. 

O vencedor do confronto vai encarar o ganhador da partida entre Real Madrid e Al Jazira. A decisão do Mundial será disputada no sábado, às 15h, no estádio Zayed Sports City, em Abu Dhabi.


Fonte: ESPN

Imprimir