Cidadeverde.com
Política

Prefeituras terão luz cortada; Dívida é de R$ 47 milhões

Imprimir
É no escuro que a maioria dos prefeitos eleitos irá assumir as prefeituras no dia 1º de janeiro. A Cepisa (Companhia Energética do Piauí) está enviando cartas aos prefeitos inadimplentes dando um ultimato para o pagamento das dívidas.
 

 
No documento, a Cepisa deixa claro que o corte de energia será imediato, caso o prefeito não faça negociação ou chegue a uma consenso com a empresa.

A direção da Cepisa comunica ainda que não cortará a energia dos hospitais públicos e das escolas municipais, que são serviços essenciais.

A dívida das prefeituras junto a companhia já chega ao montante de R$ 47 milhões. O parcelamento das pode ser feito na empresa. A direção quer que os prefeitos compareçam com o intuito de negociar. As dívidas estão sendo parceladas de acordo com as regras da Anel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

Veja dívidas de algumas prefeituras:

São Raimundo Nonato - R$ 776 mil

Bom Jesus – R$ 509 mil

Currais – R$ 308 mil

Redenção do Gurguéia – R$ 281 mil

Palmeira – R$ 227 mil

Flash Yala Sena
[email protected]

Tags:
Imprimir