Cidadeverde.com
Geral

Dono de oficina mecânica e entregador de gás são presos por tráfico de drogas

Imprimir

Fotos: Graciane Sousa/ Cidadeverde.com

O dono de uma oficina mecânica no bairro Lourival Parente, zona Sul de Teresina, foi preso suspeito de comandar uma organização criminosa interestadual de tráfico de drogas. Ele foi identificado como Ronaldo Pereira de Oliveira, 39 anos, que já havia sido preso entre o Natal e o Ano Novo por posse ilegal de arma de fogo. Ao todo foram cinco presos, incluindo uma mulher e um entregador de gás. 

Os demais suspeitos foram identificados como José Ricardo de Sousa ( conhecido como Negão do Gás), Carlos Henrique Pereira Alves e o casal Francisco José de Araújo de Moura ( vulgo Nenem) e Ana Paula dos Santos Pereira.

"As investigações duraram cerca de seis meses. Eles traziam drogas de Goiânia, Tocantins, Brasília e Mato Grosso e distribuíam em Teresina e municípios vizinhos", explica o delegado Matheus Zanatta. 

Negão do Gás foi preso no trabalho e declarou que "não sabia o que estava ocorrendo". As investigações da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre) apontaram que ele utilizava a atividade de fachada para a venda drogas. 

Na ação policial foram apreendidos dois veículos, incluindo uma camionete avaliada em mais de R$ 100 mil e uma arma de fogo. 

"O transporte e distribuição das drogas eram feitos inclusive da Amarok que provavelmente foi comprada com o dinheiro do tráfico. Agora vamos pedir à Justiça o sequestro desse veículo. No momento da abordagem não foram apreendidas drogas porque agora os traficantes estão alugando casas para esconder o entorpecente e escaparem do flagrante", conta o coordenador da Depre, Menandro Pedro.

Os suspeitos foram  presos nesta sexta-feira (05) e estão sendo ouvidos na Depre. 

 

Graciane Sousa
[email protected]

Imprimir