Cidadeverde.com
Viver Bem

Fisioterapeuta dá dicas de como evitar lesões durante o Carnaval

Imprimir

Está chegando o Carnaval e quem deseja aproveitar a folia sem surpresas desagradáveis, é bom ficar alerta e tomar alguns cuidados. A fisioterapeuta, Liana Andrade, dá algumas dicas para que os exageros da festa não causem danos à saúde, principalmente dos mais sedentários.

Segundo a fisioterapeuta, o alongamento dos membros inferiores, coluna lombar e cervical, é o principal cuidado para evitar lesões muscular, já que são as partes do corpo mais exigidas pelo folião. “Durante o alongamento, é importante que o indivíduo respeite o limite de cada articulação e músculo. Cada grupo muscular deve ser alongado durante 30 segundos”, aconselha.

De acordo com Liana Andrade, as lesões mais comuns por causa do excesso de esforço físico são estiramentos e contraturas. “Nessas situações é recomendado não tentar alongar, pois pode agravar o quadro”, alerta. Ela conta que o dia seguinte à festa pode vir acompanhado pela dor muscular sem lesão. Quando isso acontecer, a dica é o repouso, que ajuda a aliviar o incômodo.

Dra. Liana Andrade, fisioterapeuta

Para alívio da dor, a profissional também indica colocar uma bolsa de água quente por cerca de 20 minutos no local afetado. Caso a dor persista, ela recomenda que é importante procurar um profissional de saúde, para que seja receitado o medicamento adequado.

Outro cuidado importante para evitar lesões durante os dias de folia é a escolha do calçado. “Os tênis de corrida são os calçados mais apropriados para a folia, embora nem sempre estejam na moda. O uso de rasteirinhas não é recomendado. E a sandália de salto, é indicado que tenha de 2 a 3 cm de altura. “O salto alto força muito a coluna lombar”, explica.  Brincar o Carnaval descalço também pode ser muito perigoso, pois aumenta a chance de alguma perfuração. Seguir as dicas básicas de segurança podem garantir dias de muita diversão e alegria, complementa a fisioterapeuta.

Imprimir