Cidadeverde.com
Esporte

A conquista do bicampeonato piauiense pela AA de Altos

Imprimir
  • final-altos-25.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • final-altos-24.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • final-altos-23.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • final-altos-22.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • final-altos-21.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • final-altos-20.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • final-altos-19.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • final-altos-18.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • final-altos-17.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • final-altos-16.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • final-altos-15.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • final-altos-14.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • final-altos-13.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • final-altos-12.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • final-altos-11.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • final-altos-10.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • final-altos-9.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • final-altos-8.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • final-altos-7.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • final-altos-6.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • final-altos-5.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • final-altos-4.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • final-altos-3.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • final-altos-2.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • final-altos-1.jpg Foto: Elziney Santos/FFP

Entre os esportistas que torcem pelo sucesso do futebol piauiense havia preocupação em relação à final do Campeonato Piauiense. 

Haveria condições de jogo no Estádio Felipe Raulino ? Com chuva não haveria. A chuva veio horas antes da partida e ainda assim o gramado tinha mais lama do que grama. Em vários pontos virou um atoleiro.

A imprensa que compareceu para realizar o seu trabalho jornalístico, em sua maioria, andava de um lado para outro com mesas e cadeiras em busca de um local onde pudesse cumprir a sua missão, mesmo que em condições precárias. 

Os árbitros de São Paulo chegaram por volta das 14h00, andaram pelo campo, viram a situação, mas nada poderiam fazer que não fosse realizar o jogo. 

Afinal, na quarta-feira e no domingo teremos jogos pela pré-copa do Nordeste e pelo Brasileiro da Série D. É para haver jogo, custe o que custar.

Começou o jogo e logo com 1 minuto Tiaguinho chutou e o goleiro riverino Vítor Paiva se atrapalhu todo e  bola na rede. Jogando pelo empate e marcando praticamente na saida de bola, estava bom de mais para Altos. E ficaria melhor: aos 8 minutos, bola na área, o sistema defensivo do River se enrolou todo e 2 x 0 no placar, gol de Joelson.

Dava até para falar "fatura liquidada", mas como o futebol está numa fase de resultados improváveis, o River partiu para a reação. Aos 14 minutos a zaga altoense facilitou, permitindo a penetração de Fabiano e Eduardo em boas condições. 

Fabiano marcou e o placar passou a ser 2 x 1 para o time local. Aos 34 minutos Márcio Diogo chutou, o goleiro Gideão errou ao cair para a defesa e o jogo estava empatado em 2 x 2. Teríamos uma virada histórica ?

 Ficou no talvez. Quatro minutos depois o volante Dos Santos chutou da linha de fundo e o goleiro Vítor Paiva tomou o gol. O Jacaré estava novamente na frente. Mais quatro minutos e Esquerdinha chutou da linha de fundo e a bola entrou. O placar estava ótimo para o time altoense, com 4 x 2 ao final do primeiro tempo.

Na fase final o River foi mais agressivo, acreditando que ainda poderia mudar o panorama do jogo. Tentou e quando chegou com perigo, o goleiro Gideão fez grandes defesas, garantindo a vitória por 4 x 2. Altos conquistou assim o bicampeonato piauiense, fazendo a festa da sua torcida no Estádio Felipe Raulino. 

O Jacaré está garantindo na Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série D do Campeonato Brasileiro de 2019. E já está na Série D de 2018. O time do River teve o mérito de lutar muíto. Não faltou empenho dos jogadores tricolores.

Ficha técnica de Altos 4 x 2 River:

Local - Estádio Felipe Raulino, em Altos.

Gols - Tiaguinho a 1 minuto e Joelson aos 8, fazendo Altos 2 x 0; Fabiano aos 14 minutos e Márcio Diogo aos 34, empatando para o River; Dos Santos aos 38 e Esquerdinha aos 42, fazendo 4 x 2 para Altos. Todos no primeiro tempo.

Altos - Gideão; Wágner (Éverton), Leoni, Álisson e Tiaguinho; Marconi (Douglas), Dos Santos, Esquerdinha e Roger Gaúcho; Manoel (Netinho) e Joelson. Técnico - Paulinho Kobayash.

River - Vítor Paiva; Madson, Marlon, Alexandre e Flavinho; João Paulo, Márcio Diogo ((Tales Lima), Gustavo Radar (Fabiano) e Marcos Vinícius (Daniel Marins); Eduardo e Esquerdinha. Técnico - Wallace Lemos.

Árbitro - Raphael Claus; Assistentes - Marcelo Carvalho Van Gasse e Danilo Ricardo Simon Manis; 4º árbitro - Luiz Paulo de Oliveira.

Expulsões - Fabiano(River) e Éverton (Altos) aos 32 minutos do segundo tempo.

Dídimo de Castro
didimodecastro@cidadeverde.com

Imprimir