Cidadeverde.com
Geral

Piauiense fica ferida em assalto a ônibus que terminou com 3 mortes em SP

Imprimir

A piauiense Romila Alves Bezerra, de Monsenhor Hipólito, município localizado a 369 km ao Sul de Teresina, é uma das vítimas feridas no trágico assalto a um ônibus no bairro de Jabaquara, em São Paulo, na tarde de quinta-feira (19). Na ação, que ocorreu na avenida Engenheiro Armando de Arruda Pereira, três pessoas morreram e três ficaram feridas, além da piauiense.

Segundo um parente próximo que não quis se identificar, Romila teve ferimentos no ombro esquerdo ocasionado por um disparo de arma de fogo e aguarda autorização de transfência para um hospital privado em São Paulo, onde deve passar por uma cirurgia na clavícula. 

A piauiense tem 29 anos e mora em São Paulo desde os 5 anos, onde trabalha como enfermeira.

Morreram no assalto, Elton Ricardo Cunha, policial militar de folga que estava a paisana no ônibus e teria reagido; Felipe Fuschi Amaro, advogado baleado com um tiro no tórax e Damião Barbosa Souza, um dos assaltantes.

Ficaram feridas além da piauiense, Neusa do Prado Reis (atingida com 2 tiros); Emerson Santos (baleado de raspão no braço) e Moisés Coelho Arruda (ferido na cabeça por estilhaços de vidro).

O assalto aconteceu por volta das 16h, quando dois homens entraram no ônibus. Os tiros começaram quando o policial tentou dominar um dos bandidos e foi morto.

Hérlon Moraes
herlonmoraes@cidadeverde.com

 

Imprimir