Cidadeverde.com
Últimas

Detran adia implantação de sistema e prejudica a expedição de novas carteiras de motorista

Imprimir

O Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI) informou, nesta sexta-feira (20), sobre o novo adiamento para implantação do sistema Renach. O sistema estava previsto para funcionar normalmente até o último dia 18. Com o adiamento, novo prazo estabelecido pelo órgão ficou para o próximo dia 26 de abril.

O sistema Renach funciona como um banco de dados que registra toda a vida do condutor, desde o seu ”nascimento” como candidato até a sua habilitação, controlando as mudanças de categoria, imposições de penalidades, suspensões do direito de dirigir e, ainda, mudança de domicílio e transferência de estado. O Renach também controla a emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Para o advogado Ludy Vieira, que representa um grupo de autoescolas piauienses, o atraso na entrega do sistema prejudica os Centros de Formação de Condutores e, principalmente, quem estiver planejando tirar sua habilitação.

“Com a paralisação do sistema Renach – que sequer foi comunicada às autoescolas pelo Detran - as aulas de processos já existentes, as clínicas médicas e psicológicas e a banca examinadora do Departamento poderão aplicar os exames já agendados. Mas não é possível gerar novos processos, certificados e agendamentos até o retorno do sistema, o que prejudica as autoescolas e, sobretudo, quem deseja tirar sua CNH, por isso criticamos esse novo adiamento por parte do Detran. E o que agrava ainda mais essa situação é o fato de os servidores efetivos e terceirizados terem passado quase um mês de greve, os efetivos pleiteando aumento salarial e os terceirizados cobrando o pagamento de salários atrasados”, afirma o advogado Ludy Vieira.

 

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Imprimir