Cidadeverde.com
Política

Sem reposta de Wellington, PRB não descarta conversa com a oposição

Imprimir


Silas Freire (Foto: Wilson Filho)

O PRB entrou na disputa pela vaga de Senado na chapa de reeleição do governador Wellington Dias (PT). De acordo com o suplente de deputado federal Silas Freire, o partido espera uma convocação do governador para discutir a aliança majoritária. 

A legenda já tornou pública o desejo de indicar o cantor Frank Aguiar para concorrer ao Senado na chapa governista. “Entendemos que temos um nome popular para compor a chapa governista e que dos nomes apresentados até agora na chapa governista nenhum supera o nome de Frank Aguiar.”, disse 

Silas fala do desejo do partido de seguir na base aliada do petista, mas lembra que política não pode ser uma via de mão única.  “Tanto o nosso presidente do PRB esteve à frente da pasta do Trabalho e Empreendedorismo (Setre), quanto eu participei de uma conjuntura que me levou a Câmara na condição de suplente ao lado de Wellington Dias. Mas parceria só dá certo quando os dois querem, isso vale até para casamentos imagine para aliança política”, declarou.  

E ele complementa destacando outras possibilidades caso não haja uma composição com a chapa de Wellington. “Pode ser que a aliança do governo esteja tão completa que não nos sobre espaço. Assim todas as variáveis passarão a serem analisadas, inclusive se o Frank Aguiar concordar que o seu nome possa reforçar uma outra chapa no papel de senador ou até mesmo de vice governador. Porque não? O PRB deverá ter uma chapa proporcional competitiva e o nome do Frank Aguiar nos potencializa em todas as variáveis”, afirmou. 

Lídia Brito
redação@cidadeverde.com

Imprimir