Cidadeverde.com
Últimas

Vacinação contra gripe tem início, mas imunização para criança é adiada

Imprimir

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (gripe) começa nesta segunda-feira (23) em todo o país. Contudo, no interior do Piauí, a imunização será adiada especificamente para crianças de 6 meses a menores de 5 anos. O adiamento é devido a falta de seringa específica para este público-alvo.

"Em treinamentos anteriores feitos nos municípios já havíamos alertado da dificuldade em conseguir a seringa específica para crianças de 6 meses a menores de 5 anos. Naquela época solicitamos aos municípios que pudessem adiar esse grupo. Os municípíos devem adiar a vacina para essa faixa etária por pelo menos uma semana", explica Erlon Guimarães, diretor de Vigilância e Atenção à Saúde da Sesapi.

Para o restante do grupo prioritário há vacinas disponíveis. Já podem ser imunizados idosos a partir de 60 anos, trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional.

A falta de seringa ocorreu porque a empresa que ganhou a licitação se disse incapaz de cumprir e foi preciso fazer um pedido de dispensa de licitação, que foi aceita nesta segunda-feira(23). 

“Até sexta-feira estaremos com as seringas e distribuiremos em todo o Piauí, inclusive para Teresina. Não vai ter prejuízo de vacinação, caso haja necessidade de prorrogar nós faremos isso”, destacou Erlon Guimarães, que garante que até a próxima semana tudo estará normalizado.

Capital

Em Teresina, há doses disponíveis tanto para as crianças como para todo o público-alvo. 

"Recebemos 42 mil doses da vacina e até esta quarta-feira (25) vamos receber mais outra remessa. A vacina não protege imediatamente por isso é importante tomar logo, pois nosso corpo precisa fabricar anticorpos contra os três vírus  que compõem a vacina", explica Amariles Borba, diretora de Vigilância em Saúde da Fundação Municipal de Saúde (FMS).

Na Capital, as doses já estão disponíveis nos seis hospitais do município e serão distribuídas para as unidades básicas de saúde. 

Contra-indicação

Erlon Guimarães faz um alerta quanto as pessoas que têm ou tiveram algum tipo de alergia. 

"Existem algumas pessoas que possuem alergia, inclusive ao ovo, e a alguns componentes da vacina. É sempre bom conversar com a equipe de saúde quando for se vacinar e dizer se teve alguma alergia em anos anteriores para que possam decidir a melhor maneira de ser realizada a imunização", orienta Guimarães.

 

Primeiro caso confirmado de H1N1

Na semana passada foi confirmado o primeiro caso de Influenza A (vírus H1N1) em Teresina. O paciente é uma adolescente de 13 anos de idade que está isolada em uma ala do Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Por meio de nota, a  Fundação Municipal de Saúde (FMS), informou que ela continua internada na UTI  sendo acompanhada por equipe médica que analisa a evolução da ação dos medicamentos.

O estado da jovem era considerado gravíssimo. Contudo, a jovem tem apresentado sinais de melhora.

"Ela se encontra estável. Já estão diminuindo as medicações vasoativas e há sinais de melhoras", disse Amariles Borba.

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Imprimir