Cidadeverde.com
Geral

Suspeita de encomendar execução admite vingança no Facebook

Imprimir

UmaA mulher identificada como Francinéia Guedes Rodrigues, de 25 anos, publicou em seu Facebook vários textos onde confessa sua participação no assassinato de um pai e um filho em Floriano, município a 244 km de Teresina. Nas postagens ela admite que encomendou o crime por vingança, pois uma das vítimas teria matado o seu pai. "O filho dele só morreu pq queria mim matar la na hora se meteu onde não cobi"[sic], diz a postagem.

 De acordo com o delegado do 1º Distrito, Bruno Oliveira, os textos foram anexados ao inquérito para auxiliar a materialidade do caso. Nas postagens, que começaram no último domingo (13), Dia das Mães, Francineia com o usuário "Mell Conha", comenta: "Obgd senhor obgd a vcs que mim emtende  ???????? lili vai contar meu pcr???????????? Deus vai te livra pq vc não tem culpa eu sim saudades Denis" [sic]. A gíria “Lili vai cantar”, já é conhecida pela Polícia e se refere a soltura de presos.

No post, ela se refere ao outro suspeito identificado como Denis que seria seu comparsa. Denis foi baleado pela Polícia logo após o crime e foi levado ao hospital onde permanece custodiado. De acordo com Bruno Oliveira, ele atirou contra os dois homens.

A Polícia Civil esclarece ainda que já foi solicitado um mandado de prisão contra Francineia. "Possivelmente ele seja expedido hoje a tarde. A localização que ela usou na postagem nós não podemos levar em consideração pois ela pode ter usado para despistar", acrescenta o delegado.

O crime

O crime ocorreu na última sexta-feira (11) quando os dois foram baleados próximo a cidade cenográfica de Floriano, a 247 km de Teresina. As vítimas estavam em um bar quando foram executadas.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

 

Imprimir