Cidadeverde.com
Política

Presidente do TJ pede que Alepi derrube veto do governo sobre reajuste de servidores

Imprimir


Foto: Alepi

O presidente do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), desembargador Erivan Lopes, solicitou que os deputados derrubem um veto do governador Wellington Dias (PT) que reajusta os salários dos servidores do Tribunal. A mensagem com o veto foi chegou à Alepi esta semana.

De acordo com o Erivan Lopes, o governador fica impedido de dar aumento a qualquer categoria em obediência à lei eleitoral, já que será candidato à reeleição, e a derrubada do veto seria a maneira de solucionar a questão  e conseguir o reajuste retroativo a janeiro

“O reajuste com a revisão geral de salários está proibido pela lei 9504, que o governador não pode sancionar sob pena de ficar inelegível então o governador sancionou esse projeto de lei e a categoria não absorveu bem, mas já estivemos reunidos com o presidente da Assembleia, com o líder da oposição, com o líder do governo, e com o sindicato e há um indicativo que a Assembleia vai derrubar o veto do governador e com isso resolve o problema da vedação da lei eleitoral e tão logo sancione a lei, o Tribunal e Justiça implementará nos subsídios dos servidores os reajustes retroativos a janeiro”, disse o desembargador Erivan.

A lei prevê um reajuste de 4,5% no salário dos servidores do Judiciário retroativo ao mês de janeiro. 

“O nosso desembargador solicitou que os deputados derrubassem um veto do governador que trata sobre o reajuste dos salários dos servidores do Tribunal de Justiça e nos convidou para a inauguração do novo Fórum de Parnaíba, que vai acontecer na sexta”, pontuou o presidente da Assembleia.

 
 
Lyza Freitas (Com informações Alepi)
redacao@cidadeverde.com 

Imprimir