Cidadeverde.com
Esporte

Brasil conquista ouro inédito na Copa das Nações de hipismo

Imprimir

Nesse domingo, o Time Brasil de Salto garantiu uma inédita vitória na FEI Longines Nations Cup – Copa das Nações de La Baule, o principal evento hípico da França. 

Brasil conquista importante resultado em competição na França (Foto: Thomas Reiner/FEI)

A equipe do Brasil, formada por Luiz Felipe de Azevedo Filho, com o cavalo Chaccomo, Felipe Amaral, acompanhado de Germanico T, Yuri Mansur , com Vitiki e Pedro Veniss, com Quabri de L´Isle, foi campeã fechando os dois percursos a 1.60 metro com apenas 7 pontos perdidos (pp).

A esquadra verde amarela superou equipes top mundiais como a Holanda, campeã mundial em 2014, campeã europeia 2015 e da Liga da Copa das Nações 2017, a França, campeã da Copa das Nações de La Baule em 2017, e a Irlanda, campeã europeia 2017, liderada pelo brasileiro Rodrigo Pessoa. A Holanda foi vice com 8 pp e Suíça garantiu bronze, 9 pp.

Último a largar, Pedro Veniss com Quabri L´Isle e com responsabilidade de garantir o zero para conquista do ouro comentou seu desempenho. “Quabri é o meu melhor amigo. Ele tem tanta força e escopo, sempre faz o melhor por mim, esse é o melhor sentimento do mundo!”, garantiu Pedro, medalha de ouro no Pan Rio 2017.

Yuri Mansur, também comentou seu desempenho. “Eu comprei o Vitiki em outubro de 2017 e ele saltou sua primeira prova a 1.30m em novembro e agora vencemos aqui na Copa das Nações, é uma evolução muito rápida”, comemorou o top brasileiro.

Felipe Amaral, ia competir com Carthoes BZ, mas devido a uma alergia de seu cavalo, estreou em uma Copa das Nações com sua nova montaria Germanico T. Já Luiz Felipe de Azevedo Filho foi o 2º melhor brasileiro com Chaccomo, com apenas 1 ponto perdido por excesso de tempo a cada passagem.

“Hoje tivemos um dia iluminado de todos os nossos conjuntos. Os cavaleiros se ajudaram entre si e com união alcançamos esse resultado muito satisfatório”, comentou Pedro Paulo Lacerda, chefe de equipe do Brasil e diretor de Salto da Confederação Brasileira de Hipismo. 

Este foi um resultado importante, pois esse ano será disputado os Jogos Equestres Mundiais, que podem ser considerados a Olimpíada do hipismo, realizada a quatro anos e que chega a sua 8ª edição entre 11 e 23 de setembro em Tryon, nos Estados Unidos.

Confira o resultado completo da etapa:

Campeão Brasil – 7 pontos perdidos (pp)
Luiz Felipe de Azevedo Filho / Chaccomo (1/1)
Felipe Amaral / Germanico T (5/9)
Yuri Mansur / Vitiki (0/4)
Pedro Veniss / Quabri de L´Isle (1/0)

Vice-campeã Holanda – 8 pp
Jur Vrieling / VDL Glasgow VH Merelsnet N.O.P (4/9)
Frank Schuttert / Chianti´s Campion (0/4)
Marc Houtzager / Sterrehof´s Calimero (5/0)
Harrie Smolders / Don VHP Z (0/0)

3ª colocada Suíça – 9 pp
Werner Muff/ Daimler (4/11)
Paul Estermann / Lorde Pepsi (0/4)
Alain Jufer / Rahmannshof Tic Tac (1/0)
Steve Guerdat / Hannah (8/0)

4º lugar Espanha- 12 pp
5º lugar Alemanha – 14 pp
6º lugar Irlanda – 17 pp
7º lugar França – 20 pp
8º lugar Canadá – 25 pp

 

Fonte: Gazeta Press

Imprimir