Cidadeverde.com
Geral

Sindicato confirma que 30% dos postos de Teresina estão sem combustíveis

Imprimir

Vários postos de Teresina já estão fechados devido à falta de combustíveis. O desabastecimento começou ainda na tarde de sexta-feira (25). O Sindicato dos Postos de Combustíveis do Piauí confirmou que 30% dos estabelecimentos estão parados. Há postos sem atividade em todas as regiões da cidade. No interior, o município de Uruçuí está com 100% dos postos sem operação. Uma reunião na Secretaria de Segurança discutiu um plano para tentar enfrentar o desabastecimento. O terminal de Petroleo da capital segue interditado por motoristas de aplicativos. 

“Se não liberar a base de combustíveis, segunda-feira não tem posto com combustíveis em Teresina”, disse o presidente do Sindicato, Alexandre Cavalcante, que participa da reunião.

Os reflexos da falta de combustíveis já são sentidos no transporte público de Teresina. A frota de ônibus vai rodar todo o fim de semana com uma redução de 50%. A diminuição na circulação de veículos ocorre desde ontem (25). De acordo com a Strans, “a medida foi necessária devido à greve dos caminhoneiros em todo o país, o que prejudicou o transporte de combustível”.


Reunião na Segurança discute plano para liberar carretas para postos de combustíveis

De acordo a Associação dos Motoristas Autônomos para Transporte Privado Individual de Passageiros no Piauí (Amatepi), a manifestação permanece pacífica em apoio aos caminhoneiros e também na luta pela redução no valor do preço do combustível no país. 

“A gente continua apoiando, nossa manifestação é pacífica e é totalmente contra qualquer tipo de baderna ou situações semelhante a isso. É uma manifestação legítima dos motoristas e a gente não pode deixar de protestar neste momento”, disse o presidente da Amatepi, João Francisco Martins.

Aeroporto

O Aeroporto de Teresina está com cinco voos previstos para este sábado (26) sem previsão de cancelamentos, de acordo com a Infraero. Na tarde de ontem (25), após o cancelamento de um voo da companhia Gol (Teresina-Brasília) por falta de combustível no Aeroporto de Brasília pela manhã, o aeroporto de Teresina foi reabastecido com 125 mil litros de querosene. O abastecimento só foi possível com o escolta de três caminhões de Caxias a Teresina pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Foto: Péricles Mendel

Teresinenses enfrentam fila em postos que ainda têm combustíveis

Veja pontos interditados nas estradas federais do Piauí

  • km 1 da BR 316, no Posto Fiscal em Teresina. Segundo a ser interditado
  • km 323 da BR 316, em Picos, o primeiro trecho a ser interditado
  • km 351 da BR 135, em Bom Jesus, terceiro a ser interditado 
  • km 306 da BR 230, em Floriano. O último a ser interditado nesta sexta

Nova Ceasa

A Nova Ceasa está operando em apenas 30% da capacidade total da quantidade em volume de produtos. A informação é do gerente de mercado, Marcos Massaranduba. Ele informou ao Cidadeverde.com que neste sábado o “mercado foi bom” para o pequeno varejista, mas a venda “do médio e do alto atacado está prejudicado”.

“O varejo em si funcionou bem apesar do baixo estoque. Alguns produtos se esgotaram rapidamente”. Marcos explicou que o local foi abastecido com o transporte de carga realizada por pequenas caminhonetes e veículos de passeio, que estão passando pelos bloqueios nas rodovias.

“A gente precisa que o produtor se anime a colher, ter segurança para por no caminhão, que o caminhão vai ter combustível para entregar até a Central de Abastecimento e retornar ao local de origem. Nós não estamos vendo uma ação efetiva por parte do governo. Enquanto isso, a gente paga. Todo mundo na cadeia está perdendo, e perdendo muito dinheiro, inclusive o consumidor”, comentou o gerente.

Por Hérlon Moraes, Carliene Carpaso e Lyza Freitas
[email protected]

Imprimir