Cidadeverde.com
Entretenimento

Atriz é acusada de torturar escravas sexuais que engordavam

Imprimir

Fonte: Divulgação

Allison Mack forçava vítimas a fazerem dietas radicais na seita NXVIM

Responsável por controlar as vítimas da seita sexual NXVIM, Allison Mack se tornou alvo de uma nova acusação na Justiça. Desta vez, uma ex-participante do grupo denunciou a famosa por obrigar as escravas a se manterem com 45kg. Caso contrário, as mulheres eram torturadas como punição.

De acordo com o “Radar Online”, a moça detalhou como a atriz fazia para que as vítimas ficassem sempre no ‘padrão’. “A Allison era cruel, a NXVIM era como um acampamento militar e ela punia a todas, ela nos forçava a entrar em dietas para emagrecermos”, disse.

A fonte também contou como as escravas acima do peso eram penalizadas pelo líder da seita, Keith Raniere.  “Ele parava de fazer sexo com todas as mulheres que ultrapassavam o que ele considerava o peso ideal, 45 kg. Caso fugíssemos da dieta, as consequências poderiam ser dolorosas.”

Outras ex-participantes também revelaram à publicação que eram obrigadas a ficar com os celulares sempre ligados e que deveriam estar disponíveis para atender Raniere ou outros clientes da seita a qualquer hora.

O julgamento do guru e de Allison Mack continuará no dia 13 de junho, nos Estados Unidos. Desde a sua prisão, a estrela de “Smallville” afirma que foi vítima de lavagem cerebral de seu chefe e que não tinha consciência de seus atos.

 

Fonte: Famosidades

Imprimir