Cidadeverde.com
Esporte

Sarah Menezes conquista medalha de ouro no Campeonato Carioca de Judô

Imprimir

Foto: Valter França / FJE-RJ

O primeiro dia de competições da 3ª etapa do Campeonato Carioca de Judô foi de estreia no Flamengo. A judoca Sarah Menezes vestiu pela primeira vez o kimono e conquistou a medalha de ouro vencendo as adversárias por ippon e por wazari. O torneio está sendo realizado na Arena da Juventude, em Deodoro. 

Sarah mostrou o alto nível durante toda a competição e não encontrou maiores dificuldades para ficar com o ouro da categoria até 48 kg. Após as lutas, a judoca falou sobre o primeiro torneio disputado pelo clube. 

"Estou muito feliz. Pela primeira vez lutei no Rio defendendo o Flamengo e esse ano tive essa conquista de vir morar aqui e lutar pelo clube. Me sinto honrada e bem recebida por todos. Feliz por defender a bandeira do Flamengo, fiz uma boa competição e também to feliz com toda a equipe."

Antes da competição, Sarah passou nove dias no Japão, participando do treinamento de campo internacional no Instituto Kodokan, em Tóquio. O campus é considerado o berço do judô e a atleta comentou a experiência. 

"Estava em treinamento com a Seleção e para mim foi de extrema importância, pois fazia muito tempo que não pegava no kimono das estrangeiras da minha categoria. Foi uma oportunidade que tive de treinar lá."

Foto: Valter França / FJE-RJ

Quem também lutou na manhã desta sábado (23) foi Daniele Karla Lima de Oliveira, que conquistou a medalha de prata na categoria até 63kg.

O Campeonato Carioca de Judô terá sequência neste domingo (24), a partir das 8h, na Arena da Juventude, em Deodoro. O Mais Querido terá mais atletas no tatame e a expectativa é de outro dia de bons resultados.

As equipes de judô do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – Estácio, AmBev, Rede D’or, IRB Brasil RE, CSN, Brasil Plural, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR) e Lei de Incentivo Estadual/Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje) do Rio de Janeiro, além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Imprimir