Cidadeverde.com
Esporte

Cruzeiro se acerta com o Real Madrid e mantém Lucas Silva por mais um ano

Imprimir

Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C.

 

THIAGO FERNANDES
BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS)

O Cruzeiro acertou a renovação do empréstimo de Lucas Silva por mais um ano. Liberado pelo Real Madrid, o volante assina até 30 de junho de 2019.

Os mineiros ainda não confirmam o fato oficialmente, mas finalizou o acordo com os espanhóis na manhã desta terça-feira (3).

A negociação foi alinhavada por Itair Machado, vice-presidente de futebol, e Luiz Rocha, agente de Lucas Silva. O empresário pediu ao Real Madrid a manutenção do atleta na Toca da Raposa II. A solicitação do estafe do meio-campista pesou na decisão dos europeus.

No novo compromisso, a equipe celeste terá a incumbência de pagar 50% do salário do camisa 16 -avaliado em cerca de R$ 600 mil. No antigo acordo, o clube se responsabilizava por 10% dos vencimentos.

Enquanto não tinha a situação regularizada, Lucas Silva permaneceu em Belo Horizonte. Por precaução, a comissão técnica do Cruzeiro o colocou para treinar em separado. Ele voltará aos trabalhos com o elenco normalmente.

A negociação pela manutenção de Lucas Silva se estende há pelo menos dois meses. O Real Madrid, a princípio, queria levá-lo de volta à Europa. Contudo, teve proposta somente do Celta de Vigo, da Espanha.

Na sequência, os espanhóis pediram que o Cruzeiro se responsabilizasse pelo salário de Lucas Silva de forma integral, o que foi recusado pelos mineiros.

A equipe mineira fez uma contraproposta e se disponibilizou a pagar 50% dos salários, o que foi considerado positivo pelos espanhóis.

O volante de 25 anos tem contrato no Santiago Bernabéu até 30 de junho de 2020. Ele foi adquirido pelo Real Madrid em janeiro de 2015 por 15 milhões de euros (R$ 45 mi à época).

Imprimir