Cidadeverde.com
Viver Bem

Especialista explica se devemos ou não lavar o ovo

Imprimir

O ovo é um alimento muito consumido pela população brasileira, porém, o fato dele ser muito associado aos casos de intoxicação alimentar acaba gerando muitas dúvidas em relação aos procedimentos de higienização e manuseio. Afinal, devemos ou não lavar o ovo? A nutricionista Clarissa Fujiwara alerta para a contaminação através da casca. É importante considerarmos que a salmonella também é encontrada na parte externa do ovo, portanto a manipulação inadequada pode acabar contaminando o ovo por inteiro. De acordo com a nutricionista Silvia Micelli, o ovo é poroso e tem uma camada protetora em sua casca para proteger os poros do contato com microorganismos. O hábito de lavar o ovo é benéfico, sim, porém exige alguns cuidados.

 

Como higienizar os ovos
"É recomendado que se lave o ovo com água corrente e em seguida coloque numa solução de água com 10 gotas de hipoclorito de sódio e deixe agir por 10 minutos. Após isso, enxágue novamente. Mas lembre-se de que esse processo só é recomendado na hora do consumo", sugere o nutricionista Breno Lozi. Sílvia sugere que se lave as mãos antes e depois de manusear o ovo, além de higienizar muito bem os utensílios da cozinha. A nutricionista recomenda que os ovos sejam retirados da embalagem de origem, guardados em um recipiente limpo e armazenados em um lugar seco e bem arejado ou no interior da geladeira, evitando deixá-los na porta para não sejam danificados com movimento de abrir e fechar a geladeira.

 

Fonte: Minha Vida

Imprimir