Cidadeverde.com
Política

Partidos da chapinha anunciam convenção e avaliam possível divisão

Imprimir

Foto: Lídia Brito/Cidadeverde.com

 

O grupo de emergentes formado por 10 partidos pode se dividir. Eles avaliam a possibilidade de se dividirem em duas chapas na disputa por uma vaga na Câmara Federal. 

Na manhã desta quinta-feira (12), parte do grupo se reuniu. Estiveram presentes representantes da Rede, Avante, Patriota, PHS e PRP. Eles anunciaram que essas legendas farão convenção conjunta no dia 30 de julho.

A vereadora Teresa Britto, presidente do PV, explicou que eles têm pressa em uma definição e não podem mais esperar os indefinidos. "Os partidos tem seus estatutos e tem diferença de datas para homologar a decisão das convenções. O grupo não vai se dividir. Queremos nos manter unidos na proporcional", destacou.

O presidente do PHS, vereador Tiago Vasconcelos, afirma que eles avaliam a possibilidade de se dividirem em dois grupos. Os partidos com chances reais de lançarem candidatos vão sair em um grupo e os que buscam apenas preencher a cláusula de barreira em outro.

"Avaliamos essa possibilidade. Nada mais normal que os partidos se dividirem para buscarem suas estratégias. Quem tem chances reais vai junto. Quem não tem vai em outra chapa", disse.

Sobre a questão majoritária, os partidos estão divididos. Algumas siglas como PV e PRP devem seguir com o senador Elmano Férrer (Podemos). Já legendas como o PHS devem seguir o governador Wellington Dias (PT).

 

Lídia Brito
lidiabrito@cidadeverde.com

Imprimir