Cidadeverde.com
Últimas

Conselho flagra crianças vivendo em meio à sujeira e são retiradas de casa

Imprimir
  • casa_torquart_(1).JPG Rodrigo Antunes
  • casa_torquart_(2).JPG Rodrigo Antunes
  • casa_torquart_(3).JPG Rodrigo Antunes
  • casa_torquart_(4).JPG Rodrigo Antunes
  • casa_torquart_(5).JPG Rodrigo Antunes

Duas crianças, uma de 4 meses e outra de 2 anos foram flagradas em  meio ao lixo, sujeira e garrafas de bebida alcoólicas em uma casa no residencial Torquato Neto, zona Sul de Teresina. O conselho tutelar foi acionado para apurar a denúncia de maus tratos com crianças e ao chegar no local se deparou com a cena lamentável de negligência. 

O caso não é novo para os conselheiros, já que anos atrás o casal, que é usuário de drogas, passou por tratamento e as crianças foram encaminhadas para um abrigo, mas acabaram retornando ao poder dos pais.

Os vizinhos relatam que a negligência é recorrente e as crianças passam por situações extremas, como o contato com o lixo e serem obrigadas a pedir fraldas nas casas de vizinhos. Hoje o casal mora em uma casa invadida, já que a mãe das crianças vendeu o apartamento que conseguiu por meio de um programa social do governo.

"No início desse ano já recebemos denúncias desse caso, mas agora parece que tiveram recaída", disse a conselheira Maria do Carmo.

A estudante Amanda Soares, morava no apartamento vizinho ao do casal no mesmo bairro, relata que em diversas situações a criança de 2 anos chegava pedindo banho e comida para ela e para o irmão, bebê de 4 meses. Em uma ocasião, o bebê chegou quase desmaiando de fome.

"Eu mesmo lá em casa e outros vizinhos compramos mamadeiras e comidas de bebê para dar pra eles quando fossem até lá em casa. Falta amor e cuidado com essas crianças e o que a gente pede é que a justiça faça alguma coisa", revelou a estudante.

Com a chegada dos conselheiros em casa, a mãe tentou maquiar a situação limpando a casa e vestindo as crianças. Porém as muitas garrafas de bebidas alcoólicas na frente da casa evidenciavam o que diziam os vizinhos.

"Eles brigam muito, no apartamento que eles moraram era tudo quebrado das brigas. Aqui eles ficam até tarde com as crianças nos braços usando drogas e bebendo", relatou um vizinho que preferiu não se identificar.

Com a abordagem do Conselho Tutelar, as crianças foram levadas para a casa da avó. O caso será acompanhado mais de perto pelos conselheiros.

 


Flash Rodrigo Antunes
redacao@cidadeverde.com

Imprimir