Cidadeverde.com
Viver Bem

Benefícios do limão: fruta tem efeito detox e faz bem ao intestino

Imprimir

Antioxidante, emagrecedor, cicatrizante, antibacteriano, antiviral, anti-inflamatório, anti-cancerígeno, anti-colesterol, antidepressivo, ativador do sistema imunológico, desentupidor de artérias. Esses só são alguns dos benefícios do limão. Todas essas propriedades já seriam bons motivos para ele fazer parte das suas refeições diárias, especialmente se você pratica exercícios. Isso porque o limão também dá uma ajudinha extra no combate aos radicais livres que são produzidos durante a atividade física

Os benefícios do limão
Os benefícios do limão são diversos e vêm da vitamina C, rica em polifenóis e carotenoides. Suas propriedades também não estão presentes apenas no suco. A própria casca da fruta apresenta uma substância chamada d-limoneno, que tem alto teor de ácido cítrico e, com isso, ajuda a dissolver toxinas e gorduras. Dessa forma, o sangue é afinado, passa a circular melhor e a equilibrar o metabolismo. Não é à toa que a fruta é indicada em vários quadros de doenças, como problemas cardiovasculares, gripe, febre, infecções estomacais e até varizes.


- Combate a elevação do ácido úrico;
- Aumenta a absorção de cálcio, magnésio e vitamina D;
- Melhora o sistema imunológico devido à combinação da vitamina C e ácido cítrico, que combate os radicais livres e aumenta nossa resistência;
- Desintoxica o fígado e a vesícula;
- Pessoas com problemas cardiovasculares, deveriam usar limão todos os dias, pois ele ajuda a desobstruir os vasos sanguíneos;
- Contém fibras, como a pectina, que auxilia na saúde intestinal;
- Estimula a produção de bile;
- Os flavonoides presentes juntamente com a vitamina C auxiliam na queda do colesterol ruim (LDL-c).

Cuidados do consumo
Vale lembrar que nada em excesso é saudável. Portanto, recomenda-se consumir apenas duas unidades de limão por dia. Além disso, cuidado quando for espremer um limão, pois a pele em contato com ele e exposta ao sol pode gerar manchas na pele e queimaduras..


Fonte: Ativo Saúde

Imprimir