Cidadeverde.com
Últimas

"Acredito que acabou em paz", diz Safadão sobre decisão de pensão

Imprimir

Wesley Safadão se apresenta no Fortal (Foto: Davi Magalhães/Divulgação)

Antes de subir ao palco no Fortal 2018, Wesley Safadão falou a Quem sobre a revisão da pensão que pagava a seu filho com a influenciadora digital Mileide Mihaile, Yhudi, de 7 anos. Ontem (27), a Justiça determinou que o cantor pague 40 salários mínimos de pensão alimentícia para o filho. 

"Estou muito feliz,  foi um resultado que a gente pensou no bem do Yhudi, na integridade dele. Como falei nunca, foram só dez salários-mínimos (de pensão). Em 2015, eu passei a ofertar muitas coisas por fora", explicou o músico.

No início de junho, o cantor pediu a revisão de pensão do garoto - que na ocasião ganhava R$ 9 mil por mês e passou a receber menos quando Safadão passou a descontar da quantia total o valor da escola do menino, de R$ 2,6 mil. O valor acordado agora é o mesmo que ele já pagava, informalmente, desde 2015.  

"Ficou bom porque eu queria que fosse regularizado. Ela tinha os pedidos dela, e eu tinha os meus, que era ter mais flexibilidade com meu filho. Já era uma coisa que de fato já acontecia e foi tudo regularizado", disse Safadão, antes do show na noite desta sexta-feira (27).

"A questão da flexibilidade  para mim foi mais importante; poder sair para trabalhar em paz e saber que, quando eu voltar para casa, vou ter a oportunidade de ficar com meu filho. A escola dele também ficou permanecida. Acredito que acabou em paz", completou o cantor. 

Mileide Mihaile com o filho Yhudy (Foto: Reprodução/Instagram)

Com informações Quem
[email protected]

Imprimir