Cidadeverde.com
Esporte

Chapecoense vira sobre Atlético-PR e joga Vasco para o Z-4 do Brasileiro

Imprimir

Foto: Sirli Freitas/Chapecoense

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS)

A Chapecoense conseguiu uma virada importantíssima nesta quinta-feira (13), quando venceu o Atlético-PR por 2 a 1 na Arena Condá. Em partida atrasada da 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, os visitantes saíram na frente com Pablo, mas Bruno Guimarães (contra) e Leandro Pereira garantiram a virada alviverde.

É apenas a segunda vitória da Chapecoense desde a parada da Copa do Mundo, mas já serve para tirar a equipe catarinense da zona do rebaixamento.

Com 25 pontos, sobe à 16ª posição e deixa o Vasco -que tem um jogo a menos- entre os quatro últimos. Já o Atlético-PR passa a flertar com o descenso com 27 pontos.

De início, não faltou movimentação, mas criatividade. Ambos os times quase abriram o placar no primeiro tempo, mas as chances foram raras em um jogo mais brigado do que atrativo -principalmente pelo campo pesado na chuva. Raphael Veiga aproveitou rebote na área e obrigou Jandrei a fazer boa defesa no reflexo, mas a melhor chance foi de Victor Andrade, que quase acertou o ângulo.

Depois do intervalo, Victor Andrade virou a grande arma da Chapecoense, com velocidade pela esquerda, enquanto o Atlético-PR passou a se fechar e apostar no contra-ataque. O plano deu certo aos 15min, quando Renan Lodi cruzou na cabeça de Pablo e viu o atacante testar no canto para abrir o placar.

O gol saiu em uma das poucas jogadas trabalhadas pelo time paranaense, que no geral até teve chances melhores que a Chape. A vantagem, no entanto, fez o Atlético se fechar um pouco mais e apostar na aparente inoperância ofensiva do adversário. Mas um vacilo na marcação aos 32min permitiu a Bruno Silva invadir a área sozinho e, ao tentar cruzar, contar com desvio de Bruno Guimarães contra o próprio gol.

Daí em diante a Chapecoense cresceu, teve mais pressa e dominou a posse de bola. O Atlético-PR esteve um tanto desorganizado e sofreu a virada ao permitir que Leandro Pereira subisse entre os seus zagueiros e testasse a gol, aos 42min.

No domingo (16), os atleticanos enfrentam o Fluminense, enquanto a Chape enfrenta o líder Internacional no dia seguinte.

CHAPECOENSE
Jandrei; Eduardo, Rafael Thyere, Nery Bareiro e Bruno Pacheco; Márcio Araújo (Canteros), Elicarlos e Diego Torres (Yann Rolim); Victor Andrade, Doffo (Bruno Silva) e Leandro Pereira. T.: Guto Ferreira
ATLÉTICO-PR
Santos; Diego Ferreira, Thiago Heleno, Léo Pereira e Renan Lodi; Bruno Guimarães (Plata), Wellington, Marcinho e Raphael Veiga (Bergson); Rony (Matheus Rossetto) e Pablo. T.: Tiago Nunes
Estádio: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Juiz: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Cartões amarelos: Diego Ferreira, Bruno Guimarães e Pablo (CAP)
Gols: Pablo (CAP), aos 15min, Bruno Guimarães (CHA, contra), aos 32min, e Leandro Pereira (CHA), aos 42min do segundo tempo
Imprimir