Cidadeverde.com
Esporte

Corinthians não irá 'fazer loucuras' para contratar Tardelli, diz Andrés Sanchez

Imprimir

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Corinthians vai manter a postura no mercado da bola para a temporada 2019. Segundo o presidente do clube alvinegro, Andrés Sanchez, a diretoria não irá fazer loucuras para contratar o atacante Diego Tardelli. A ideia do mandatário corintiano é manter o teto salarial dos atletas estipulado a partir deste ano.

Crédito: Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

"Tardelli interessa para qualquer clube. Ele vai ganhar sete milhões de euros por ano. Não podemos pagar, não vou fazer loucuras e não vou pagar mais de 400, 500 mil reais para jogador de futebol. O Brasil precisa de um limite. Tem time pagando um milhão. A conta vai chegar. Não vou fazer o que foi feito nos últimos anos", disse Andrés nesta terça-feira, na sede da Federação Paulista de Futebol.

Andrés também afirmou que o técnico Jair Ventura será mantido no cargo na próxima temporada. "Lógico que ele sabe que os resultados não estão bons, mas continua para 2019. Sou contra mudar de treinador. Mudei o Loss por algumas coisas específicas. Jair está bem lá, precisa ganhar dois, três jogos. Vamos trabalhar bastante em cima disso", afirmou.

Outro assunto abordado pelo mandatário foi a polêmica envolvendo o agente de Pedrinho, Will Dantas. Depois do gol anulado na Copa do Brasil, o empresário indicou que o jogador deixaria o Corinthians.

"Pedrinho tem contrato com o Corinthians até o fim de 2020. Se pagar a multa e o Pedrinho quiser sair, ninguém segura. Teve proposta no meio do ano e ele não quis ir. O Corinthians achou que não era bom para os dois. O empresário dele tem direito de falar, depois corrigiu. Faz parte. Hoje assessoria e empresário, todo mundo fala", frisou Andrés.

Imprimir