Cidadeverde.com
Últimas

Polícia investiga fabricação e venda de armas artesanais na zona Sul

Imprimir

A prisão de dois adolescentes suspeitos de assalto levará a Polícia Civil a uma investigação contra uma suposta fábrica clandestina de armas na zona Sul de Teresina. Policiais do 24º Distrito de Polícia Civil, prenderam a dupla em flagrante após praticarem um assalto usando uma arma artesanal, contra uma cabelereira na manhã desta segunda-feira (19).

Segundo os suspeitos, as armas artesanais estariam sendo vendidas por R$ 150 na região e um inquérito foi aberto para investigar a prática. "Nós estávamos em uma diligência atrás de outro suspeito, mas antes de ir embora avistamos os dois e durante uma abordagem conseguimos recuperar um tablet roubado hoje mesmo", explica o agende Aquiles Fernandes do 24º DP.

Com a dupla, foi apreendida uma arma de calibre 32 de fabricação artesanal, um tablet e uma moto modelo Honda Bis. Segundo a Polícia um dos jovens já responde por tentativa de homicídio e havia usado a arma apreendida para atirar em um desafeto que, por sorte, conseguiu escapar do tiro.

"Eu tava saindo do serviço e fui buscar meu marido na locadora de moto que ele tinha deixado na oficina. Eles me abordaram e disseram que se eu não desse eles iam me dar um tiro", desabafou a cabelereira que preferiu não se identificar.

A origem da moto que possui restrição de roubo e furto também será investigada. Segundo o agente, ela foi cedida por outro suspeito por não servir mais para realizar fugas em assaltos.

Rayldo Pereira
Com informações de Tiago Melo (TV Cidade Verde)
rayldopereira@cidadeverde.com

Imprimir