Cidadeverde.com
Viver Bem

Consumo diário de oleaginosas pode prevenir o ganho de peso

Imprimir

Lilo Clareto/ISA/Direitos reservados/Agência Brasil

Dois novos estudos sugerem que uma pequena porção diária de oleaginosas pode beneficiar a saúde metabólica geral e manter o peso que tendemos a ganhar quando entramos na idade adulta. Elas são ricas em gorduras saudáveis, fibras, proteínas e outras substâncias benéficas, que podem contribuir para melhoria da fertilidade, e até mesmo o aumento da memória e da inteligência, entre outros.

Os pesquisadores descobriram que a substituição de alimentos que tinham menos valor nutricional por uma porção (28g) de nozes e amendoim reduzia o risco de ganho de peso e obesidade ao longo dos 4 anos de intervalo de acompanhamento.

Mais especificamente, a substituição de uma porção de carne vermelha, carne processada, batatas fritas, sobremesas ou salgadinho de batata chips por uma porção de oleaginosas correlacionou-se com um ganho de peso significativamente menor no longo prazo. No segundo estudo, os pesquisadores examinaram os efeitos do consumo de castanha-do-brasil em 22 participantes adultos saudáveis, 20 dos quais eram mulheres.

Eles adicionaram 36 gramas de pretzels ou 20 gramas de castanha-do-pará à sua dieta normal em dois ensaios, com 48h entre as tentativas. Ambos continham o mesmo número de calorias e a mesma quantidade de sódio e, ambos desencadearam uma sensação de plenitude, mas a castanha-do-Brasil contribuiu para um aumento dessa sensação.

Enquanto a castanha-do-pará e pretzels aumentaram a sensação de saciedade depois de comerem, consumir castanha-do-brasil estabilizou os níveis de glicose e insulina após a refeição, o que pode ser benéfico na prevenção do diabetes e ganho de peso.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir