Cidadeverde.com
Últimas

Projeto de estações na Frei Serafim fica pronto e passa por análise

Imprimir

Foto: Strans

A mais bela avenida do Centro da cidade será a última a receber os terminais de passageiros no canteiro central. Construída no século XIX, a avenida Frei Serafim faz parte da identidade do teresinense. Um patrimônio da capital. Mesmo quem espera sol e chuva a espera do transporte coletivo tem opinião divergente sobre o projeto. 

A preocupação com a descaracterização do canteiro central chegou ao Ministério Público que interferiu no projeto original das estações de ônibus. Foram muitas discussões até que se chegasse a um modelo que causasse o menor impacto possível e sem derrubar uma árvore sequer. As estações serão completamente diferentes das construídas em outras avenidas da capital.

A estrutura é praticamente toda em vidro permitindo a visibilidade de qualquer ponto. Ideia que agradou mutios profissionais que defendem a preservação do patrimônio. "A larguda do passeio se ficou um tamanho bom. A questão da altura dela do ponto de vista de um impacto da copa das árvores. Fazendo uma análise cuidadosa eu acho que tem que continuar a discussão", afirma o arquiteto Júlio Medeiros.

Serão três estações no sentido Leste Centro uma antes do semáforo da rua Goiás outra próxima ao Parque da Cidadania e outra entre as ruas Magalhães Filho e Anísio de Abreu. No sentido Centro-leste a primeira estação fica próximo a avenida Coelho de Rezende, a segunda perto do HGV, a terceira próxima a avenida Miguel Rosa e a última nas proximidades da rua Goiás. 

O superintendente da STRANS estima que as obras devem ser iniciadas até março do ano que vem. "O projeto básico está pronto e nós vamos levar ele a licitação. Esse projeto deve ser licitado ainda no mês de dezembro e esperamos que até fevereiro ele esteja concluído e a gente possa iniciar as obras no corredor da avenida Frei Serafim", concluiu Carlos Daniel Superintendente da Strans. 

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Imprimir