Cidadeverde.com
Política

Prefeito encaminha à Câmara projeto que regulamenta estacionamentos

Imprimir


Foto:WilsonFilho/CidadeVerde.com

O prefeito Firmino Filho (PSDB) enviou à Câmara Municipal de Teresina projeto de lei que dispõe sobre a instituição de estacionamentos rotativos nas vias públicas do centro de Teresina. A proposta visa à implantação de um sistema de estacionamento na região central da cidade, com a disponibilização de vagas em locais estratégicos, melhorando a circulação de pessoas e veículos.

 Na Câmara, o projeto tem gerado polêmica. A oposição faz críticas e pede que a proposta seja melhor discutida na Casa. Já a prefeitura afirma que a proposta visa acabar com as dificuldades de estacionamentos no Centro. 

“Além de melhorar a mobilidade urbana, o projeto de lei permitirá a implantação de um sistema de estacionamento que favoreça a revitalização do centro de Teresina, estimulando a economia e o turismo”, destacou Monique Menezes, secretária municipal de Concessões e Parcerias.
 
A secretária ressaltou também que o texto do projeto de lei atualiza a legislação municipal a respeito dos estacionamentos na região central.
 
“De 2010 a 2016, a frota de veículos de Teresina aumentou 40%. Esse incremento expressivo da frota impacta muito a mobilidade urbana, especialmente no centro. A regulamentação e cobrança do estacionamento nessa área democratizará a utilização dos espaços públicos, porque ampliará a disponibilidade de vagas em áreas de maior demanda, já que aumenta significativamente a oferta por meio da limitação do tempo utilizado. A consequência será a melhora na fluidez do tráfego e o aumento da circulação de pessoas no centro de Teresina”, enfatizou Monique Menezes.
 
O projeto de lei enviado à Câmara Municipal de Teresina prevê também que a empresa a operacionalizar o sistema de estacionamento do centro da capital contrate, preferencialmente, os flanelinhas já em atividade e cadastrados pela Prefeitura de Teresina.
 
“Sabemos que muitas pessoas atuam na informalidade, como flanelinhas, de modo a garantir seu sustento e o de suas famílias. O projeto de lei dá a essas pessoas a prioridade de contratação pela empresa que irá operar o sistema. Assim, esses trabalhadores sairão da informalidade e passarão a ter acesso a direitos trabalhistas, que apenas a formalidade da contratação assegura. Para o cidadão usuário dos estacionamentos em vias públicas, a regulamentação trará mais segurança e organização no tráfego de pessoas e de veículos”, pontuou a secretária.
 
Regras
 
De acordo com o projeto de lei, a Prefeitura de Teresina deverá sinalizar as áreas e o tempo em que o estacionamento será permitido, de modo a permitir a identificação pelo usuário.
 
Ao usuário do sistema de estacionamento, caberá estacionar em áreas regulamentadas, fixando o recibo de pagamento de forma visível no veículo, bem como remover seu veículo da vaga quando ultrapassado o tempo máximo de permanência. A comprovação do pagamento também poderá ser feita por meio eletrônico.
 
O texto prevê ainda que, ao final do período da concessão, o equipamento, obras e instalações utilizados na exploração dos estacionamentos reverterão para o poder público municipal, sem qualquer pagamento à concessionária e em perfeito estado de conservação.

Lídia Brito
Cokm infomrações da Ascom

Imprimir