Cidadeverde.com
Geral

Polícia deflagra operação e prende suspeitos de roubo, furto e latrocínio

Imprimir

Delegado Tales Gomes, titular do 22º DP (Foto: Graciane Sousa/ Cidadeverde.com)

Quatro suspeitos foram presos durante a segunda fase da operação Patrimonium deflagrada que visa prender investigados em crimes contra o patrimônio como furto, roubo e latrocínio. Entre os presos está Benerval de Sousa Silva, vulgo Bena, suspeito de praticar um roubo seguido de morte na cidade de Morro do Chapéu, no Norte do estado, crime que, inclusive, teria tido a participação da esposa da vítima que está presa. 

"Bena foi preso em decorrência de quatro mandados de prisão, sendo três por condenações que somam 46 anos de prisão. Ele é o homem mais perigoso da zona rural norte de Teresina, fugitivo do presídio de Esperantina. Dentre as condenações de Bena se destaca uma por latrocínio ocorrido em Morro do Chapéu onde a vitima teve parte do corpo queimada", disse o delegado Tales Gomes, titular do 22º DP e coordenador da operação. 

Durante a operação foram presos também Francisco Leandro Pereira da Silva, suspeito de invadir uma casa, lesionar a proprietária e ameaçar os filhos da vítima na cidade de Boa Hora, no interior do estado;  Thiago Teixeira da Silva, vulgo Girita, condenado a oito anos de prisão, e Jhones Rodrigues Teixeira, suspeito de praticar um furto em um sítio na companhia da namorada menor de idade. 

A segunda fase da operação segue durante o dia.

Denúncias podem ser feitas anonimamente através do 86 9 9978-0749. 

(Foto: Haroldo Fabrício/ TV Cidade Verde)


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Imprimir