Cidadeverde.com
Viver Bem

Maior consumo de frutas e vegetais e menor perda de memória

Imprimir

Imagem: Pixabay

Homens que seguem uma dieta saudável podem estar protegendo seus cérebros, de acordo com um novo estudo que rastreou um grande grupo de homens por mais de duas décadas.

Pesquisadores da Harvard T.H. Chan School of Public Health em Boston, MA, analisaram dados de um estudo que acompanhou 27.842 homens por 26 anos. O acompanhamento durou até 2012, altura em que a idade média era de na média 70 anos.

A análise mostrou que o consumo de quantidades mais elevadas de certos alimentos e bebidas estava associado a um menor risco de declínio na memória e nas habilidades de raciocínio. Os alimentos que mais fortemente mostraram este efeito foram verduras, vegetais vermelhos e laranja escuro, frutos silvestres e suco de laranja

Os resultados mostraram que o grupo que comeu mais hortaliças consumiu cerca de 6 porções por dia e que o grupo que consumiu menos consumiu 2.

O consumo diário de frutas variou de 3 porções para o grupo que mais comeu até a metade de uma porção o grupo que comeu menos. Os homens que comeram mais vegetais tiveram 34% menos probabilidade de relatar uma redução na função da memória. Dos homens que consumiram mais vegetais, 6,6% tiveram uma pontuação baixa na função cognitiva subjetiva (SCF), comparados com 7,9% daqueles que comeram menos.

Os resultados também mostraram uma chance 47% menor de ter um escore SCF fraco entre os homens que tomavam suco de laranja todos os dias, em comparação com aqueles que bebiam apenas uma vez por mês.

O elo era mais relevante para os homens mais velhos que tomavam suco de laranja todos os dias. Além disso, os homens que comiam mais frutas todos os dias eram os menos propensos a ter um escore SCF ruim, mas esse elo perdeu força depois que a equipe considerou o efeito de outros alimentos. A equipe também descobriu que altos níveis de consumo de frutas e verduras perto do início do período do estudo estavam ligados a uma menor chance de ter um escore SCF fraco cerca de 20 anos depois.


Referência

Yuan, C. ET al. Long-term intake of vegetables and fruits and subjective cognitive function in US men, Neurology, November, 2018.
 

Fonte: Estadão Conteúdo 

Imprimir