Cidadeverde.com
Últimas

Quarto de casa desaba e família cai em cratera de 7 metros na zona Norte

Imprimir
  • sdff.jpg Roberta Aline
  • sdfffff.jpg Roberta Aline
  • oooo.jpg Roberta Aline
  • jkjk.jpg Roberta Aline
  • hjhj.jpg Roberta Aline
  • fhffh.jpg Roberta Aline
  • fggggg.jpg Roberta Aline
  • fgfggg.jpg Roberta Aline
  • fff.jpg Roberta Aline

Atualizada às 10h38

O chão do quarto de uma casa localizada na Rua São José, bairro Água Mineral, zona Norte de Teresina, desabou na noite dessa quinta-feira (6). Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o desabamento abriu um buraco de 7 metros de profundidade e uma família caiu dentro da cratera. 

Dois adultos e três crianças com idade entre cinco e sete anos que estavam assistindo televisão no quarto tiveram que ser resgatadas. O sargento Ronielton Amaral participou do resgate. O bombeiro informou ao Cidadeverde.com que em 18 anos de corporação nunca tinha visto nada parecido. 

“Eles não chegaram a ficar soterrados, mas estavam dentro do buraco. Era um buraco de 7 metros de profundidade. Foi o quarto todo. Eu nunca tinha participado de um resgate assim. As crianças, principalmente a menor, estavam assustadas e choravam muito”, conta o sargento. 

De acordo com o sargento, a mãe das crianças teve uma escoriação na perna e no tornozelo. O outro adulto também teve leves ferimentos. Os menores tiveram raladuras nos braços e rosto. Apesar do susto, todos passam bem. 

“Foi muita sorte”, acredita o sargento Amaral. Populares informaram ao Corpo de Bombeiros que a residência foi construída em cima de um córrego. A casa foi isolada pela Defesa Civil e as vítimas foram levadas para casa de familiares.Não chovia no momento do desabamento.

Ao todo, cinco viaturas do Corpo de Bombeiros e duas do Samu participaram do resgate. 

Milagre

A avó materna das crianças que caíram na cratera, Marli Nascimento, conta que sua filha, Fernanda Nascimento, ficou desesperada após o desabamento. “Ela só chorava desesperada. Agora eu estou mais calma pela vida deles. Foi um milagre mesmo”, conta.

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com 

Marli afirma que a casa da filha foi construída há cerca de três anos e que não sabia que a área era de risco. Tudo do quarto caiu na cratera. A família, inclusive, está sem roupas. 

Ela informou, ainda, que uma das crianças está internada no Hospital de Urgência de Teresina. “A cabeça dele amoleceu um pouco, mas o médico disse que vai voltar ao normal conforme ele cresça”, afirma a vó. 

Casa pode desabar 

O membro da Defesa Civil, tenente Sebastião Domingos, afirma que os outros cômodos da casa podem desabar. Além do quarto, uma pequena parte da sala também desabou. Ele conta que a região é considerada de risco. 
 
“Pela estrutura, se tiver mais erosão no terreno, corre risco da casa toda desabar. É uma área de risco para as casas localizadas próximas. No fundo da casa tem um córrego e por baixo tem uma galeria”, conta.

O tenente explica que o chão do quarto desabou por conta de uma sedimentação, que causou erosão. 

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com 

“É uma área de aterro próxima a galeria. Então houve alguma infiltração no terreno e essa infiltração vai levando material do aterro e criando sedimentação ao ponto de haver erosão, que foi o que aconteceu no local”, esclarece.

A Defesa Civil está auxiliando a família a retirar os pertences com segurança. Por enquanto a casa permanecerá isolada. 


Izabella Pimentel
redacao@cidadeverde.com 

Imprimir