Cidadeverde.com
Esporte

Scheidt decidirá em fevereiro se volta para Laser por vaga nas Olimpíadas

Imprimir

Dono de cinco medalhas olímpicas, Robert Scheidt estipulou um prazo para decidir se deixará a aposentadoria de Jogos Olímpicos e para tentar uma vaga na Japão-2020. Aos 45 anos, o velejador disse que em fevereiro anunciará se voltará ou não para a classe Laser.

"Neste final de ano, vou pensar se encaro novamente a Laser para tentar disputar mais uma Olimpíada. Vou conversar com a família, amigos e pessoas que me conhecem bem para pesar todas as possibilidades. Até fevereiro decido se faço essa loucura", afirmou Scheidt.

Bicampeão olímpico na classe Laser em 1996 e 2004, Robert Scheidt disputou as edições de Pequim-2008 e Londres-2012 na classe Star. Nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, ele voltou para a Laser, mas terminou a competição sem medalha.

Caso decida competir mais uma vez por uma vaga nos Jogos Olímpicos, Robert Scheidt voltará atrás da decisão anunciada há pouco mais de um ano. Na ocasião, ele havia decido se aposentador das competições olímpicas.

"Estou muito feliz com os resultados de 2018. Foi um ano bom, pois fiz de tudo um pouco. Velejei em várias classes e, embora não tenha ganhado tudo que disputei, fiz bons resultados. 

Por tudo isso, quero planejar bem os passos para a próxima temporada. Não sou mais um garoto e uma campanha para a Olimpíada exige dedicação e planejamento", completou.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir